Goioerê registra apenas três homicídios em 2013

logo-policialDurante o ano de 2013 foram registrados apenas três homicídios em Goioerê (a aproximadamente 95km de Cianorte), o menor número desde 1997, quando foram registrados dois homicídios no município, após uma campanha de toda a comunidade pela paz, devido à grande violência de anos anteriores, que começou em 1995, com o atentado contra o ex-prefeito José Paulo Novaes.

Em 2011 Goioerê fechou o ano com 11 homicídios, o maior número registrado desde a década de 80. Em 2012 houve a redução de mais de 50% e cinco homicídios foram registrados, e em 2013 nova queda, com apenas três homicídios registrados.

HISTÓRICO – O primeiro homicídio de 2013 em Goioerê aconteceu no dia 5 de janeiro, na Vila Guaíra, quando dois indivíduos chegaram até a residência onde morava Clayton Leandro Ferreira da Silva, 21, e perguntaram por ele. As duas pessoas entraram na residência e se dirigiram até o quarto de Clayton, que estava dormindo, e efetuaram vários disparos de arma de fogo. Um dos tiros acertou a vítima, que morreu no local.

O segundo homicídio aconteceu no dia 28 de agosto, de forma acidental, no bairro Santa Casa, onde Fernando Evangelista dos Santos, 22, estava conversando na residência de Renato Oliveira. Chegou ao local Wlysses da Silva Navarro, 25, que é amigo de Renato e Fernando, e estava de posse de um revólver, e resolveu “dar um susto” nos amigos. Quando Wlysses sacou a arma, ela teria disparado acidentalmente, com o projétil atingindo a nuca de Fernando, que morreu em seguida.

O terceiro homicídio aconteceu na noite do dia 26 de novembro, no Albergue Noturno de Goioerê, onde, após uma discussão por motivo fútil, Antonio Medeiros do Amaral, 61, desferiu vários golpes de faca contra Valdeir Antonio Felismino, 32, que morreu no hospital.

(Texto: GoioNews)

Compartilhe: