Gestores municipais recebem treinamento sobre o sistema Passe Livre

O Departamento de Políticas para a Pessoa com Deficiência da Secretaria de Justiça, Família e Trabalho, em parceria com a Escola de Gestão do Paraná, promoveu nesta última segunda-feira (17) a primeira etapa do curso de Operacionalização do Sistema Passe Livre. A qualificação é destinada aos coordenadores e assistentes sociais dos Centros de Referência de Assistência Social do Paraná (Cras-PR) e tem como objetivo apresentar dicas do funcionamento do sistema.

“Essa é uma orientação do secretário Ney Leprevost para que os gestores municipais recebam treinamento para operacionalização do sistema para utilizá-lo de forma otimizada e com maior eficiência”, disse o chefe do Departamento de Políticas para a Pessoa com Deficiência, Felipe Braga Côrtes. Foram atendidos municípios de três mesorregiões.

Nos próximos meses serão realizados encontros com gestores de outras cidades. Os Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) que receberam o e-mail conforme a extensão territorial à qual pertencem, deverão enviar uma lista com dados dos inscritos para a liberação do acesso. Dúvidas podem ser esclarecidas pelo e-mail sistemapasselivre@sejuf.pr.gov.br ou pelos telefones (41) 3210-2430 / (41) 3210-2457.

PASSE LIVRE

O Passe Livre é um benefício estadual concedido a pessoas com deficiência, seja ela física, visual, intelectual, auditiva, múltipla e também Transtorno do Espectro do Autismo. O benefício assegura a isenção tarifária nos transportes coletivos intermunicipais para pessoas com deficiência e renda familiar per capita até dois salários mínimos regional.

Essa isenção se estende também às pessoas que possuem algumas doenças crônicas como insuficiência renal crônica, doença de Crohn, câncer, transtornos mentais graves, HIV, mucoviscidose, hemofilia e esclerose múltipla, desde que estejam em tratamento continuado fora do município de sua residência.

Para solicitar a carteira do Passe Livre é necessário comparecer a um Centro de Referência de Assistência Social (Cras) mais próximo da sua residência. Com a solicitação aprovada, a carteirinha chega em até 40 dias no endereço do solicitante, ou em outro endereço sugerido, ou mesmo no próprio Cras, conforme opção do solicitante.

MUNICÍPIOS DA MESORREGIÃO ATENDIDOS NESSA PRIMEIRA FASE

Metropolitana de Curitiba: Adrianópolis, Agudos do Sul, Almirante Tamandaré, Antonina, Araucária, Balsa Nova, Bocaiúva do Sul, Campina Grande do Sul, Campo do Tenente, Campo Largo, Campo Magro, Cerro Azul, Colombo, Contenda, Curitiba, Doutor Ulysses, Fazenda Rio Grande, Guaraqueçaba, Guaratuba, Itaperuçu, Lapa, Mandirituba, Matinhos, Morretes, Paranaguá, Piên, Pinhais, Piraquara, Pontal do Paraná, Porto Amazonas, Quatro Barras, Quitandinha, Rio Branco do Sul, Rio Negro, São José dos Pinhais, Tijucas do Sul e Tunas do Paraná.

Centro Ocidental Paranaense: Altamira do Paraná, Araruna, Barbosa Ferraz, Boa, Esperança, Campina da Lagoa, Campo Mourão, Corumbataí do Sul, Engenheiro Beltrão, Farol, Fênix, Goioerê, Iretama, Janiópolis, Juranda, Luiziana, Mamborê, Moreira Sales, Nova Cantu, Peabiru, Quarto Centenário, Quinta do Sol, Rancho Alegre D’Oeste, Roncador, Terra Boa e Ubiratã.

Norte Central Paranaense: Alvorada do Sul, Ângulo, Apucarana, Arapongas, Arapuã, Ariranha do Ivaí, Astorga, Atalaia, Bela Vista do Paraíso, Bom Sucesso, Borrazópolis, Cafeara, Califórnia, Cambé, Cambira, Cândido de Abreu, Centenário do Sul, Colorado, Cruzmaltina, Doutor Camargo, Faxinal, Floraí, Floresta, Florestópolis, Flórida, Godoy Moreira, Grandes Rios, Guaraci, Ibiporã, Iguaraçu, Itaguajé, Itambé, Ivaiporã, Ivatuba, Jaguapitã, Jandaia do Sul, Jardim Alegre, Kaloré, Lidianópolis, Lobato, Londrina, Lunardelli, Lupionópolis, Mandaguaçu, Mandaguari, Manoel Ribas, Marialva, Marilândia do Sul, Maringá, Marumbi, Mauá da Serra, Miraselva, Munhoz de Melo, Nossa Senhora das Graças, Nova Esperança, Nova Tebas, Novo Itacolomi, Ourizona, Paiçandu, Pitangueiras, Porecatu, Prado Ferreira, Presidente Castelo Branco, Primeiro de Maio, Rio Bom, Rio Branco do Ivaí, Rolândia, Rosário do Ivaí, Sabáudia, Santa Fé, Santa Inês, Santo Inácio, São João do Ivaí, São Jorge do Ivaí, São Pedro do Ivaí, Sarandi, Sertanópolis, Tamarana e Uniflor.

Fonte: Agência Estadual de Notícias do Paraná

Compartilhe:
Banner Edplants, Acesse