Evento destaca função social do comércio no Paraná e no Brasil

O volume de empregos e negócios gerados no comércio demonstram a importância econômica e a responsabilidade social do setor no Paraná e no Brasil, afirmou o governador em exercício Darci Piana, nesta terça-feira (16), na cerimônia que celebrou o Dia do Comerciante. O evento foi promovido em Curitiba pela Associação Comercial do Paraná (ACP).

“O setor do comércio tem uma importante função social no Paraná e no Brasil, devido ao número de empresas e de empregos que gera”, afirmou Piana. “Essa preocupação de fazer com que as empresas estejam bem e possam crescer é a resposta necessária para o País dar um grande salto. É o segmento que pode reagir mais rapidamente em momentos de crise, já que quem trabalha gasta seu salário no comércio”, disse.

De acordo com o presidente da Associação Comercial do Paraná, Gláucio Geara, o Paraná conta com cerca de 3 milhões de empresários atuando no setor do comércio, desde pequenos lojistas até grandes empreendedores. “Os comerciantes são a ponta da economia. O que a indústria e a agricultura produzem, o comércio é que vai vender”, disse.

HOMENAGEM

Na cerimônia desta terça-feira, a ACP prestou homenagens a empresas e empresários de destaque na área do comércio, além dos criadores das leis que instituíram o fundador da entidade, Barão do Serro Azul, como patrono do comércio de Curitiba e do Paraná.

Foram homenageados o secretário de Estado da Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost; o ex-vereador e ex-deputado Fabiano Braga Cortes Junior; o presidente do Sindicato do Comércio Atacadista e Distribuidores do Paraná, Paulo Henrique Pennacchi; e as empresas Multiloja, Ponto de Visão, Callfarma e Odonto Excellence.

Desde o ano passado, a ACP também faz uma menção honrosa à memória histórica de empresas com presença exponencial no comércio e serviços do Estado do Paraná. Neste ano, as homenageadas foram a Impressora Paranaense e as Indústrias Todeschini. Ambas tiveram participação efetiva no comércio curitibano ao longo de décadas e se tornaram marcas tradicionais na preferência dos consumidores.

DIA DO COMERCIANTE

O Dia do Comerciante foi instituído em outubro de 1953 pelo então presidente do Senado João Café Filho, que também foi presidente do Brasil. A comemoração se tornou oficial no dia 16 de julho do ano seguinte, na data de nascimento de José Maria Lisboa, o Visconde de Cairu, um dos mais renomados do período imperial. Ele foi um dos articuladores para a abertura dos portos brasileiros ao comércio com as nações amigas.

Fonte: Agência Estadual de Notícias do Paraná

Compartilhe: