Estado lança novo sistema de boletim eletrônico de acidentes

O Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR) e a Polícia Militar apresentaram na última segunda-feira (16), em Curitiba, a nova versão do Sistema Bateu Urbano e o lançamento do novo Sistema Bateu Rodoviário.

A nova versão do sistema do Boletim de Acidente de Trânsito Eletrônico Unificado (Bateu) foi migrada para a plataforma do Paraná Inteligência Artificial (PIA), trazendo mais comodidade e segurança ao cidadão.

“A atualização do sistema e a integração com a Polícia Rodoviária Estadual é uma evolução tecnológica importante para atender as necessidades da população e também dos órgãos envolvidos, principalmente na área de estatísticas. E também para facilitar para o cidadão a inclusão dos registros”, disse o diretor-geral do Detran, Cesar Vinicius Kogut.

O novo sistema permite o acesso em qualquer momento a boletins registrados, podendo editar, modificar, e adicionar dados e fotos. O sistema Bateu Rodoviário permite o registro de acidentes sem vítimas ocorridos em rodovias estaduais, pela internet, o que facilita a vida do cidadão que não precisa mais se deslocar de cidade ou estado para fazer o boletim.

“A ferramenta simplifica o serviço para o cidadão, trazendo informações importantes dentro de um sistema mais intuitivo e responsivo para todos os navegadores e equipamentos. Esse é o foco”, disse o comandante do Batalhão de Polícia Rodoviária, tenente-coronel Olavo Vianei.

OUTROS MODAIS

Uma das novidades do sistema Bateu Urbano é o registro de boletins por usuários de bicicletas, patinetes e outros meios de transportes.

Segundo o diretor de operações do Detran e presidente do Conselho Estadual de Ciclomobilidade (ConCiclo), Mauro Celso Monteiro, os acidentes envolvendo ciclistas e outros meios de transporte aumentaram muito nos últimos anos. O Detran está trabalhando para que esses números diminuam, mas é preciso saber ao certo a melhor forma de se buscar a baixa desse índice. “O ConCiclo irá trabalhar em cima desses dados, elaborando campanhas e materiais específicos para o modal”, afirmou.

COMO FUNCIONA

Para utilizar o sistema Bateu, o cidadão do Paraná deve fazer o cadastro no PIA. Depois de registrar o Bateu para acidentes sem vítimas, ele receberá a guia de recolhimento por e-mail e, após o pagamento, o boletim também será encaminhado automaticamente para o seu e-mail.

Para pessoas de outro Estado, basta ter o número de CPF, endereço de e-mail e um número de celular para o cadastro na página da Central de Segurança.

PRESENÇAS

Estavam presentes também na solenidade o presidente da Celepar, Leandro Victorino de Moura; o comandante do Batalhão de Polícia de Trânsito, tenente-coronel Mário Henrique do Carmo; o comandante da Polícia Rodoviária, capitão Anderson Martins de Oliveira; a diretora de Tecnologia e Desenvolvimento do Detran-PR, Jaqueline Almeida; o diretor de Gestão de Pessoas e Escola Pública de Trânsito do Detran, Marinho Guimarães; o chefe de gabinete do Detran, Éveron César Puchetti; o presidente do Observatório Nacional de Segurança Viária, Mauro Gil Meyer; o superintendente da Secretaria Municipal de Trânsito, Guilherme Rangel; o delegado da Delegacia de Delitos de Trânsito, Leonardo Carneiro; membros do Conselho Estadual de Ciclomobilidade (ConCiclo); e o diretor executivo do Sindicato da Seguradoras (Sindiseg), Ramiro Fernandes Dias.

Fonte: Agência Estadual de Notícias do Paraná

Compartilhe:
Banner Edplants, Acesse