Estado e Faep renovam parceria para o Agrinho

O Governo do Estado e a Federação da Agricultura do Estado do Paraná (Faep) renovaram nesta segunda-feira (21) o convênio para o programa Agrinho nas escolas estaduais do Paraná. O programa leva a escolas das redes públicas municipal e estadual atividades e materiais pedagógicos que tratam da preservação do meio ambiente, despertar da consciência de cidadania e questões que envolvem saúde e qualidade de vida.

O termo de cooperação foi assinado pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior e pelo presidente da Faep, Ágide Meneguette, na solenidade de encerramento da edição de 2019 do programa, realizada no ExpoTrade Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. Cerca de 1,5 mil pessoas participaram do evento, entre professores, alunos, famílias, autoridades e lideranças rurais de diversas regiões do Paraná.

Promovido há 24 anos, o Agrinho conta, anualmente, com a participação de aproximadamente 800 mil crianças e mais de 50 mil professores da educação infantil, do ensino fundamental e da educação especial. Está presente em todos os municípios do Estado.

Para Ratinho Junior, o Agrinho já formou uma geração de paranaenses preocupada com a produção de alimentos e a preservação ambiental. “É uma grande política pública para incentivar e educar as crianças sobre a agroecologia”, afirmou. “O Paraná se consolidou como um dos lugares onde mais se produz alimentos de forma sustentável no mundo. Conserva as matas ciliares, as microbacias, as bacias hidrográficas, respeita as florestas e produz alimentos sem agrotóxicos”, ressaltou.

Ele disse que o Agrinho, que existe há duas décadas, contribui para esse destaque do Estado. “O Agrinho fala sobre técnicas agrícolas e educação. Desde bem pequena, a criança já cresce com essa cultura de respeitar o meio ambiente e com a consciência de produzir alimentos de forma moderna e sustentável”, salientou o governador.

PARCERIA

O programa Agrinho é resultado de uma parceria entre o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-PR), Faep, o Governo do Estado – por meio das Secretarias de Estado da Educação, da Agricultura e Abastecimento, da Justiça, Família e Trabalho e do Desenvolvimento Sustentável e Turismo – municípios, empresas e instituições públicas e privadas.

O presidente da Faep destacou que o programa ajuda na formação das novas gerações de cidadãos paranaenses. “Ao longo de todos esses anos, muitos estudantes que participaram das formações do Agrinho se tornaram pessoas relevantes para a sociedade. Ele vem para atender todos os requisitos de uma formação ambiental, social e sobre direitos e deveres”, disse Meneguette. “Acredito que todo o caminho que percorremos nesses 24 anos foi para ajudar a formar uma nova geração de pessoas”, acrescentou.

A continuidade no trabalho do campo também é uma consequência do programa, afirmou o secretário da Agricultura, Norberto Ortigara. “Estamos cultivando o agricultor do futuro, aquele que será o sucessor do pai e da mãe na condução de um empreendimento muito importante para a família, que é fonte de renda e oportunidade, e também para a economia do Paraná e do Brasil”, salientou.

PREMIAÇÃO

Na cerimônia de encerramento, que neste ano trouxe a leitura e a música como temas, foram premiadas as melhores práticas educativas desenvolvidas nas escolas atendidas pelo programa, nas categorias Redação, Desenho, Experiências Pedagógicas, Relato Escola Agrinho, Relatório Município Agrinho e Relato Núcleo Regional de Educação.

PRESENÇAS

Participaram da solenidade o vice-governador Darci Piana; o secretário da Educação, Renato Feder; o prefeito de Curitiba, Rafael Greca; os presidentes da Copel, Daniel Pimentel Slaviero; da Fetaep, Marcos Brambilla; e da Fetranspar, Sérgio Malucelli; o diretor de Operações do BRDE, Wilson Bley; o superintendente do Sebrae-PR, Vítor Tioqueta; o superintendente regional do Trabalho e Emprego, Luiz Fernando Busnardo; Cleverson Freitas; da Superintendência Federal da Agricultura; Erli de Pádua Ribeiro, da Conab; e dos Correios, Paulo Cezar Kremer; o deputado federal Pedro Lupion; os deputados estaduais Luiz Claudio Romanelli, Tião Medeiros e Anibelli Neto; o ex-governador Orlando Pessuti.

Fonte: Agência Estadual de Notícias do Paraná

Compartilhe: