Estado distribui mudas nativas em Tibagi e Umuarama em troca de doações

Moradores de Tibagi, nos Campos Gerais, e de Umuarama, no Noroeste do Estado, poderão receber mudas nativas em troca de doações. A ação é dos escritórios regionais do Instituto Água e Terra (IAT) com o objetivo de ajudar famílias em situação de vulnerabilidade e animais abrigados em instituições.

Em Tibagi, o drive-thru solidário vai acontecer nesta última quinta-feira (22/07), das 10h às 17h, em frente à prefeitura, na Praça Edmundo Mercer. A cada quilo de alimento não perecível a pessoa recebe duas mudas nativas. As espécies disponibilizadas são araçá, guabiroba, pitanga e cerejeira. A ação conta com o apoio da prefeitura e os itens arrecadados serão encaminhados à Assistência Social do muncípio.

Em Umuarama, os moradores poderão doar 1 quilo de alimento não perecível ou 1 quilo de ração para receber uma muda nativa. A ação acontecerá também em formato drive-thru na próxima semana (29/07), das 8h às 17h, no Escritório Regional do IAT, que fica na Avenida Presidente Castelo Branco, 5200 – zona Vl.

As mudas disponíveis serão pitanga. guabiroba, ingá, jaracatiá, jabuticaba, ipê-roxo, ipê-amarelo, ipê-branco, peroba, jangada, angico, pau-d’alho e marmeleiro.

Os alimentos serão destinados a famílias em vulnerabilidade e as rações para a Sociedade de Amparo Animais de Umuarama (SAAU). “As entidades protetoras de animais também estão precisando de doações. Na pandemia elas diminuíram e precisamos resgatar essa empatia”, ressalta o chefe regional do IAT de Umuarama, Felipe Furquim.

SOLIDARIEDADE

Os escritórios do IAT de Ponta Grossa, Pitanga, Guarapuava e Litoral já organizaram a mesma campanha. “Queremos aproveitar nossas mudas para promover essas ações solidárias em todas as regionais”, diz o diretor-presidente do IAT, Everton Souza.

No mês passado, o Escritório Regional de Ponta Grossa beneficiou 60 famílias com a doação de mais de 1,3 tonelada de alimentos não perecíveis. “Pandemia e inverno juntos acabam complicando a situação de muitas famílias”, diz o chefe regional do IAT de Ponta Grossa, Ivan Loureiro. “Tendo em vista o sucesso da ação, agora queremos levar solidariedade para a região de Tibagi”.

Fonte: Agência Estadual de Notícias do Paraná

Banner Edplants, Acesse