Escolas municipais vão receber mais alunos em aulas presenciais

            A partir dessa terça-feira (10), com a publicação da Resolução n° 735/2021, da Secretaria de Estado da Saúde (SESA), que atualiza as medidas de prevenção, monitoramento e controle para a COVID-19 nas instituições de ensino públicas e privadas do Estado do Paraná, as aulas presenciais têm prioridade e as escolas podem receber mais alunos. Isto porque, entre as novas diretrizes, o distanciamento entre as carteiras passará de 1,5 metro para 1 metro.

            “A medida atende a um pedido da comunidade escolar e pode ser colocada em prática neste momento devido ao avanço da vacinação contra a Covid-19 e a diminuição dos indicadores da pandemia”, afirmou o governador, Ratinho Junior. De acordo com a publicação, as atividades de ensino devem ser disponibilizadas prioritariamente na modalidade presencial, porém, sem prejuízo do formato on-line (remoto), conforme opção dos pais ou responsáveis pelo aluno ou, em casos de comorbidades, a critério médico.

            Assim, cada instituição de ensino deve organizar seu planejamento de forma a possibilitar o atendimento aos alunos de maneira presencial e, quando necessário, de maneira híbrida com revezamentos entre as modalidades presencial e on-line, conforme periodicidade que melhor atenda às suas necessidades. As atividades de ressocialização, como as lúdicas e passeios pedagógicos extraclasse, assim como as práticas esportivas e extracurriculares também estão previstas na resolução.

            Em Cianorte, a Secretaria Municipal de Educação e Cultura está avaliando o cenário de cada instituição de ensino e fazendo o levantamento da nova capacidade de atendimento. Atualmente, são 7.600 alunos matriculados, sendo que nas 15 escolas 82% dos estudantes já haviam retornado às atividades presenciais com revezamento e 52% nos CMEIS. Uma reunião com as diretoras das 15 escolas foi realizada na manhã dessa quarta-feira (11) e outra com as dos CMEIs está marcada para a quinta-feira (12).

            “Estamos em diálogo com os comitês locais das instituições de ensino e o Núcleo Regional de Educação, alinhando a logística, conforme o Protocolo de Biossegurança e, inclusive, para a retomada do transporte escolar. Assim, nos próximos dias, entraremos em contato com os pais e responsáveis para apresentação e assinatura do novo termo que trata das atividades presenciais e, assim, iniciarmos a ampliação do atendimento”, disse a secretária de Educação e Cultura, Kelly Werdenberg.

Banner Edplants, Acesse