Em Indianópolis, homem atira três vezes contra desafeto e não acerta a vítima

Na noite desse última domingo (22), por volta das 19h30, uma equipe da Polícia Militar de Indianópolis recebeu uma solicitação para comparecer na Avenida Felisberto Nunes Gonçalves. Ao chegar no local, a equipe entrou em contato com o solicitante, onde ele informou que estava com um amigo, em via pública, quando um outro homem, morador da rua Xingu, na mesma cidade, passou com uma motocicleta, de cor bordo, não sabendo informar a placa, e, ao parar a motocicleta, chamou seu amigo, dizendo que ele não era homem e que iria matá-lo, retirando de uma bolsa uma arma de fogo do tipo revolver, não sabendo informar o calibre da arma. O atirador efetuou três disparos contra a vítima, porém, não conseguiu atingi-lo.

Segundo o denunciante, no momento dos disparos, tinha algumas crianças nas proximidades. Diante das informações, a equipe fez uma varredura no local para encontrar vestígios dos disparos, porém, nada foi encontrado.

Diante dos fatos, a equipe deslocou até o endereço do suposto atirador, no intuito de encontrá-lo, porém, o mesmo não foi localizado. De acordo com a PM, as diligências continuam, no intuito de tomar as providências cabíveis ao fato. O caso foi repassado para a Polícia Civil para apurar a autoria do crime.

RONDON

A Polícia Militar de Rondon encaminhou um casal para delegacia, acusado pelo crime de furto. Ao serem abordados e indagados sobre a ocorrência, a mulher “sem qualquer tipo de constrangimento físico ou moral” afirmou que o companheiro foi quem levou objetos de uma residência da cidade.

O furto foi comunicado à PM na manhã deste último domingo (22/11). No relato, a vítima descreveu que os autores seriam uma mulher loira e um homem magro. Com êxito, os suspeitos foram encontrados pela equipe policial por volta das 18h30, cruzando a PR- 492.

Em abordagem ao homem, nada de ilícito foi encontrado, entretanto, em consulta ao sistema de investigação policial, constava vários boletins de ocorrências por furto e receptação em Paranavaí.

Já a mulher trazia consigo uma faca cromada de cabo branco, com lâmina de aproximadamente 13 centímetros e cabo, de 11.

O casal informou aos policiais que estava a passeio na cidade. Ao serem indagados sobre a situação do furto, a mulher “sem qualquer tipo de constrangimento físico ou moral” disse que seu companheiro foi quem teria cometido o crime.

Ambos foram presos e encaminhados a DP de Cidade Gaúcha. A vítima também reconheceu o chinelo que estava com o suspeito. A Polícia Militar observou que os dois foram levados ao hospital municipal de Rondon para avaliação médica, pois apresentavam várias lesões por todo corpo.

Fonte: Dia a Dia Notícias

Compartilhe:
Banner Edplants, Acesse