Em Cianorte, mães têm o direito de enviar leite materno aos CMEIs


Com o ingresso dos filhos nos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs), que atendem crianças de quatro meses a três anos de idade, uma das preocupações das mães lactantes é a de (re) organizar a amamentação. Isto porque, todo mundo já ouviu falar e sabe que o leite materno é o melhor alimento que um recém-nascido pode receber, sendo exclusivo até os seis meses e recomendado até os dois anos ou mais, conforme preconizam a Organização Mundial da Saúde, o Ministério da Saúde e a Sociedade Brasileira de Pediatria. Porém, não são todas as mães que possuem disponibilidade de tempo e capacidade de deslocamento para ir até a instituição de ensino amamentar.

Pensando nisso, a Prefeitura de Cianorte, além de oferecer a possibilidade das mães aleitarem no CMEI, também disponibiliza, desde 2016, a oportunidade de que enviem o próprio leite, ordenhado e congelado, para o consumo do (a) filho (a) na instituição de ensino. “Todas as lactaristas e equipes de cozinha das 12 unidades passaram por treinamento para receber, armazenar, preparar e servir o leite materno, garantindo, assim, que as crianças atendidas pela rede municipal de ensino continuem tendo acesso ao alimento mais perfeito que existe no mundo, visto que sua composição é específica e sutilmente modificada de acordo com as necessidades nutricionais e imunológicas de cada bebê”, afirma a nutricionista da Divisão de Alimentação Escolar responsável pela Educação Infantil, Elimary Francelino de Oliveira.

Entre os benefícios do leite materno para a criança, a profissional destaca a criação de vínculo entre mãe e filho; o fortalecimento do sistema imunológico, que evita mortes infantis por infecção e previne diarreias, infecções respiratórias, alergias, hipertensão, colesterol alto, diabetes, obesidade e desnutrição. “Além disso, contribui para um melhor desenvolvimento cognitivo e bucal. Já para a mãe, o aleitamento proporciona proteção contra o câncer de mama, ovário e diabetes tipo II”, salienta Elimary. A mãe que deseja enviar o leite materno, inicialmente, deve procurar a diretora da instituição de ensino e agendar uma conversa com a nutricionista, para que possa receber todas as orientações necessárias de como fazer a ordenha, manejo, congelamento e transporte do alimento.

*Esse conteúdo integra a Campanha “Cianorte + Saudável”, uma iniciativa da Prefeitura, por meio das Secretarias de Educação e Cultura, Saúde, Assistência Social e Agricultura e da Assessoria de Comunicação, em atendimento a um dos eixos do Plano Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional (PLAMSAN).

Fonte: Assessoria de Comunicação Social da Prefeitura Municipal de Cianorte

Compartilhe: