Ecossistemas dependem de conscientização e de políticas públicas

Conscientizar sobre a importância dos ecossistemas terrestres e promover mudanças no comportamento em relação à natureza. Esse é o desafio proposto pelo Objetivo do Desenvolvimento Sustentável 15, da Organização das Nações Unidas (ONU) e que fez parte da Campanha de Sensibilização sobre a promoção do desenvolvimento sustentável, realizada junto aos funcionários do Serviço Social Autônomo Paranacidade, vinculado à Secretaria do Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas (SEDU).

Durante 18 dias, os conteúdos propostos pela Agenda 2030 foram debatidos e geraram gráficos no formato de nuvens de palavras com as atitudes consideradas mais importantes. “Conscientizar, fiscalizar, restaurar, reflorestar, não desmatar, reciclar” surgem como ideias para integrar a manutenção dos recursos naturais à promoção de qualidade de vida.

Foram discutidos diversos temas, como as florestas, que cobrem 30% do Planeta e que são responsáveis, juntamente com os oceanos, por manter o ar e a água limpos e o clima em equilíbrio. A pesquisa de substâncias para medicamentos, a coleta e o processamento de castanhas e frutas para a produção de alimentos e outros produtos, e o turismo e a pesca não predatória foram citados como exemplos do chamado desenvolvimento sustentável, ou seja, do uso dos recursos oferecidos pela natureza sem promover a sua destruição.

Garantir a sustentabilidade das florestas é viável, de acordo com a ONU, mesmo com a manutenção de cadeias produtivas e de atividades de subsistência. Para isso, a principal recomendação é criar políticas públicas capazes de integrar as florestas com as atividades econômicas.

CAMPANHA

O método desenvolvido no Paranacidade para a Campanha de Sensibilização está disponível para aplicação em instituições públicas e privadas. A iniciativa reúne a apresentação de vídeos com sessões de discussões sempre iniciadas com uma pergunta. “Como proteger, recuperar e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres?” foi a pergunta para reflexões sobre o ODS 15.

Nesse objetivo são abordados temas sensíveis como o combate à caça ilegal, ao tráfico de animais e plantas; ao desmatamento ilegal e ao contrabando de madeira; além do combate à desertificação e à degradação do solo. Conheça mais: sustentabilidadeurbana.org.br/ods/proteger-recuperar-e-promover-o-uso-sustentavel-dos-ecossistemas-terrestres/.

Fonte: Agência Estadual de Notícias do Paraná

Compartilhe:
Banner Edplants, Acesse