E-Sports seguem com crescimento acentuado no meio universitário

Os E-Sports estão cada vez mais virando sensação, tendo números exorbitantes em transmissões via streaming e pré-pandemia em algumas competições chegavam a lotar estádios de futebol. Dentro dos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs) a modalidade foi inserida em 2016 e em 2020 em campeonato de forma remota chegaram a ter 4500 inscritos.

No meio universitário a procura pelos jogos só cresce e isso impactou no número de modalidades que hoje são seis: Clash Royale, Counter Strike GO (CS GO), Free Fire, Futebol Eletrônico (FIFA), League of Legends (LoL) e Poker.

O coordenador de E-Sports da CBDU, Sérgio Medeiros revelou que o crescimento dos esportes eletrônicos vem sendo crescente no meio universitário. “No JUBs em 2016 começamos apenas com o FIFA, em 2017, com FIFA e League of Legends (LoL). Depois disso, os esportes eletrônicos começaram a ter maior engajamento e maior público nas universidades.”,disse Sérgio

O sucesso do E-Sports foi tão grande que a demanda do público só cresceu e surgiu a necessidade de eventos maiores e também de uma coordenação específica voltada para esportes eletrônicos. “Com a pandemia teve uma procura maior até por não poderem praticar os esportes tradicionais. A gente experimentou fazer uma competição online de E-Sports, principalmente na modalidade LoL e a demanda foi muito grande.” revelou o coordenador de E-Sports.

Sérgio revelou que a CBDU pretende aumentar esse número de modalidades: “A gente tem algumas variantes de jogos eletrônicos. Existem vários jogos que valem a pena ir inserindo aos poucos e estar fazendo testes em micro competições ou em desafios para vermos como o público reage para ir inserindo aos poucos dentro do cenário universitário”, contou Sérgio.

O coordenador de E-Sports da CBDU revelou que com a melhoria da pandemia, a Confederação pretende aumentar o número de jogadores futuramente e também abrir ao público que poderá conhecer o esporte de forma presencial. ”Ao contrário do que muitos imaginam, a torcida nos E-Sports dá um calor no jogo e os atletas sentem isso durante o jogo pois dá um ânimo a eles, às vezes até com maior vibração que os esportes tradicionais”, revelou Sérgio.

Thiago Serejo, jogador de FIFA da Universidade de Pernambuco (UPE), está no seu primeiro JUBs presencial e descreveu sua primeira experiência como “incrível”. “Toda sugestão que demos de melhorias, a organização atendeu e estão dando apoio que o pessoal do E-Sports precisa. É uma competição bem gostosa de jogar, dividir arquibancada com outras pessoas, fazer amizades e até torcer para times de outros estados sem ser o meu “, contou o jogador de e-sports.

Serejo conta que através dos campeonatos organizados pela CBDU ele se inseriu de vez no E-Sports. “Eu jogava FIFA de forma recreativa, mas quando entrei na faculdade de 2020 disputei o Campeonato Brasileiro e me inseri de vez no cenário nacional,” revelou o pernambucano.

Hoje estando entre os quatro melhores do país no meio universitário, Serejo é o único dos quatro jogadores que não tem equipe profissional. Foi finalista no último campeonato e neste JUBs conquistou a medalha de bronze. “Há um ano e meio atrás eu não imaginava estar onde estou agora”, confessou Thiago Serejo

Os E-Sports tiveram mais uma vez a transmissão na plataforma de streaming da Twitch. “Aumentando a estrutura das competições como a CBDU está nos proporcionando, conseguiremos expandir cada vez mais os jogos eletrônicos.”, finalizou Sérgio.

Sobre a CBDU

A Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU) é a entidade máxima responsável pela administração do desporto universitário no Brasil. Entre seus encargos estão a gestão e a organização das competições e eventos esportivos oficiais entre universitários de todo o país.

Desde 2018, todas as competições do calendário CBDU recebem o nome de Jogos Universitários Brasileiros (JUBs), que juntas formam a temporada do anual. Assim, em um único ano há diversos JUBs. A maior edição do JUBs, é também a maior competição universitária da América Latina.

Serviço

Os Jogos Universitários Brasileiros – Brasília 2021 são uma realização da Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU), do Governo do Distrito Federal e da Federação de Esportes Universitários do Distrito Federal (FESU). Patrocínio JUBs Brasília 2021: Banco do Brasil, Monster Energy, Fibra e Anadem. Patrocínio CBDU: Kempa, Spalding, Uhlsports e Ícone. Parceria institucional: Comitê Olímpico do Brasil.

Banner Edplants, Acesse

Be the first to comment on "E-Sports seguem com crescimento acentuado no meio universitário"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*