Desemprego cai para 11,9% no terceiro trimestre de 2018, aponta IBGE


A taxa de desocupação no Brasil caiu para 11,9% no terceiro trimestre de 2018, encerrado em setembro. O indicador apresentou redução em relação ao segundo trimestre de 2018, que foi de 12,4%, de acordo com os dados divulgados nesta quarta-feira (14) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A queda ficou concentrada em cinco estados: Rio de Janeiro, Ceará, Minas Gerais, Tocantins e Mato Grosso. Roraima foi o único estado com alta no período, de 13,5%. Entre as grandes regiões, o Nordeste continua com a taxa mais alta, com 14,4%, enquanto o Sul registrou 7,9% no mesmo período.

Santa Catarina é o estado com a menor taxa de desemprego do País, com 6,2%. O estado também tem o menor percentual de desalentados, de 0,8%, e o maior percentual de trabalhadores com carteira assinada, de 88,4%. O IBGE considera desalentado quem está desempregado e desistiu de procurar emprego.

Os resultados constam na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua Trimestral (Pnad Contínua Tri). Em 21 das 27 unidades da federação, a taxa de desocupação permaneceu estável em relação ao segundo trimestre de 2018. As regiões Sudeste (de 13,2% para 12,5%) e Centro-Oeste (de 9,5% para 8,9%) apresentaram queda na taxa de desocupação.

Fonte: Governo do Brasil, com informações do IBGE

Compartilhe: