De Curitiba a Cianorte: Policiais vão pedalar mais de 500 quilômetros para campanha de doação de medula óssea

 

Um grupo de seis policiais militares que atua em unidades da Capital vai pedalar mais de 500 quilômetros por três dias para divulgar a importância da doação de medula óssea pela 3ª edição da campanha Pedalando para a Vida. A aventura começou na madrugada desta última sexta-feira (09/10) e o destino é o Hemepar de Cianorte, na região Noroeste do estado.

Para cinco dos seis participantes, esta será a primeira viagem de grande distância com bicicleta. A saída foi programada para 5h30 da última sexta-feira (09/10) do Quartel do Comando-Geral da PM, com a chegada prevista no domingo (11/10), no Hemepar de Cianorte.

“Com essa campanha queremos aumentar o número de doadores de medula óssea, contribuindo para fortalecer a esperança de crianças que precisam do transplante para vencer a doença. Sabemos que, em muitos casos, além de sessões de quimioterapia e radioterapia, o paciente precisa do transplante, por isso nos engajamos nessa luta em prol da vida”, contou o organizador do grupo, cabo Marcelo Borges Vieira, que trabalha no Hospital da Polícia Militar (HPM).

Os policiais militares participam do grupo Bala Esporte, que além de estimular a atividade física, também incentiva o apoio à ações sociais. O cabo Vieira conta que os integrantes do grupo já contribuem com a Associação de Apoio à Criança com Câncer (APACN), situada no bairro Tarumã, na Capital. Conhecendo de perto as dificuldades enfrentadas pelos pacientes é que surgiu a ideia da pedalada, para angariar mais doadores.

“O dinheiro arrecadado com a contribuição mensal dos integrantes do Bala Esporte é totalmente revertido para a aquisição de produtos e itens de necessidades que os pacientes precisam. Queremos levar a mensagem de solidariedade por todo o Paraná, e esperamos que a sociedade também participe dessa causa”, disse.

Fonte: Marcia Santos – Comunicação Social da Polícia Militar do Paraná

Compartilhe:
Banner Edplants, Acesse