Corpo de Bombeiros do Paraná comemora 106 de história


O Corpo de Bombeiros do Paraná comemorou nesta quarta-feira (03) 106 anos de criação. A solenidade foi no Quartel do Comando do Corpo de Bombeiros, em Curitiba. Bombeiros militares com 30 anos de carreira foram condecorados com a medalha Policial Militar de Ouro, e houve ainda homenagens a militares estaduais e civis com a condecoração da medalha Carlos Cavalcanti de Albuquerque.

Na solenidade, o secretário estadual da Segurança Pública, Julio Reis, lembrou que o Corpo de Bombeiros é uma instituição muito bem avaliada pela sociedade em todo país e aqui no Paraná não é diferente. Disse que o Estado investe fortemente em estrutura para os. “Tivemos vários investimentos como a manutenção da escada Magirus, a aquisição de viaturas, e a Lei de Promoção das Praças, aprovada recentemente”, afirmou.

A comandante-geral da PM, coronel Audilene Rosa, parabenizou a Instituição, citou alguns recentes investimentos e conquistas, como a promoção de soldados, cabos e sargentos e a aquisição de viaturas. “É uma data importante rememorar quem iniciou a trajetória no Corpo de Bombeiros. É importante também não esquecer daqueles que tombaram em atividade, cumprindo seu juramento, crendo na importância de sua missão. O bombeiro militar faz a diferença no dia a dia, isso tem que ser comemorando e não pode ser esquecido”, destacou.

Durante o evento foi entregue a medalha Carlos Cavalcanti de Albuquerque, que foi instituída em 2006 para homenagear os militares e civis que se dedicaram para contribuir com a instituição e servir a comunidade.

A condecoração foi entregue a oficiais da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros e pessoas civis que colaboraram com o crescimento da instituição.

O comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Fábio Mariano de Oliveira, falou sobre diversas vitórias para a instituição, conquistas que alavancaram o atendimento à população e permitiram o aperfeiçoamento dos militares com cursos e capacitações. Uma das maiores realizações, segundo o comandante, é a construção da Escola do Corpo de Bombeiros, que terá cerca de 6.700 mil m², um investimento de aproximadamente R$ 17 milhões. Atualmente a obra está 40% pronta.

O coronel também citou a realização de cursos de especialização e aperfeiçoamento, como o Curso de Guarda-Vidas, Curso De Aperfeiçoamento de Sargentos, Curso de Segurança Contra Incêndios, Curso de Prevenção Contra Prevenção Florestal, Curso de Socorristas, entre outras capacitações.

“Estamos comemorando 106 anos e relembrando o trabalho dos bombeiros que nos antecederam, não só aqueles que passaram para a reserva, mas, também, os que nos deixaram, estamos aqui para honrar aqueles que tombaram em combate. Comemoramos muitas metas atingidas, muitos cursos de formação realizados, obras construídas como a escola de Bombeiros, aquisição de viaturas, ente outras conquistas”, disse.

PRESENÇAS

Estiveram presentes no evento o prefeito de Curitiba, Rafael Greca; o secretário de Segurança Pública, Júlio Reis; o chefe da Casa Militar, coronel Maurício Tortato; o presidente do Tribunal de Justiça do Paraná, desembargador Renato Braga Bettega; a comandante-geral da Polícia Militar, coronel Audilene Rosa; o subcomandante-geral da Polícia Militar, coronel Arildo Luis Dias; o chefe do Estado-Maior da PM, coronel Antônio Zanatta Neto; o vice-prefeito de Curitiba, Eduardo Pimentel; o delegado-geral da Polícia Civil, Naylor Gustavo Robert de Lima; o presidente do Tribunal Regional Eleitoral, desembargador Luiz Taro Oyama; o diretor-presidente do BRDE, Orlando Pessuti; e o ajudante-geral da Polícia Militar, coronel Reginaldo Silva de Oliveira.

Também o integrante da Polícia Militar do Paraná, coronel Everon Cesar Puchetti Ferreira; o comandante do 6º Comando Regional de Polícia Militar, coronel Valterlei Mattos de Souza; o chefe do Estado-Maior do Corpo de Bombeiros, coronel Edemilson de Barros; o comandante do 4º CRPM, coronel Valdir Tedeschi; o representante da 5ª Divisão de Exército, coronel Hipólito Perreira Melo Júnior; o corregedor-geral da Polícia Militar, coronel Ênio Soares dos Santos; o presidente da Assofepar, coronel Isaías de Farias, além de demais oficiais comandantes, praças e convidados

Fonte: Agência Estadual de Notícias do Paraná

Compartilhe: