Corpo de Bombeiros agiliza procedimentos sobre vistorias

ten feijo-siteUm mutirão realizado essa semana praticamente acabou com a fila de espera que havia em Cianorte por procedimentos como vistoria em estabelecimentos e projetos de prevenção contra incêndio. O trabalho começou na última segunda-feira (23) e está previsto para acabar hoje, atendendo aproximadamente 800 procedimentos que estavam na gaveta do Corpo de Bombeiros cianortense. “Acumulou muito porque estamos com pouco efetivo e porque a fiscalização da prefeitura fez com que quem estava irregular entrasse com pedido para regularizar a situação”, comentou o tenente Anderson Feijó (foto), que comandou o mutirão.

O prefeito Claudemir Bongiorno ficou satisfeito com a iniciativa do Corpo de Bombeiros. “Já havia pedido há mais de um ano essa atenção com as vistorias. Havia procedimentos esperando há uns sete meses”, comentou o prefeito. Bongiorno também disse que espera que o Corpo de Bombeiros receba mais efetivo como aconteceu com as polícias Civil e Militar em Cianorte para que as vistorias não voltem a atrasar novamente. “Se não tem vistoria do Corpo de Bombeiros, a prefeitura não pode dar alvará para o estabelecimento”, justificou.

A força tarefa contou com o reforço de 14 servidores do Corpo de Bombeiros que vieram de Maringá para trabalhar essa semana em Cianorte. Eles atualizaram em torno de 750 solicitações de vistorias e mais 60 projetos de prevenção contra incêndios. O tenente Feijó orienta que os proprietários que solicitarem vistorias, devem apresentar a documentação do estabelecimento na hora para o Corpo de Bombeiros, pois isso pode agilizar ainda mais os procedimentos. Como houve mudança nas normas de prevenção contra incêndios, alguns casos seriam mais simplificados que outros.

MELHORIAS – Além de colocar em dia a parte burocrática, a Corpo de Bombeiros de Cianorte também espera uma melhoria estrutural. Além do problema da falta de efetivo, O tenente Feijó comenta que uma parceria com a prefeitura ajuda o trabalho na cidade. Como a manutenção de viaturas. E que há a possibilidade da doação de um caminhão para 2016.

Texto e foto: Andye Iore/FOLHA

Compartilhe:

Corpo de Bombeiros agiliza procedimentos sobre vistorias

ten feijo-siteUm mutirão realizado essa semana praticamente acabou com a fila de espera que havia em Cianorte por procedimentos como vistoria em estabelecimentos e projetos de prevenção contra incêndio. O trabalho começou na última segunda-feira (23) e está previsto para acabar hoje, atendendo aproximadamente 800 procedimentos que estavam na gaveta do Corpo de Bombeiros cianortense. “Acumulou muito porque estamos com pouco efetivo e porque a fiscalização da prefeitura fez com que quem estava irregular entrasse com pedido para regularizar a situação”, comentou o tenente Anderson Feijó (foto), que comandou o mutirão.

O prefeito Claudemir Bongiorno ficou satisfeito com a iniciativa do Corpo de Bombeiros. “Já havia pedido há mais de um ano essa atenção com as vistorias. Havia procedimentos esperando há uns sete meses”, comentou o prefeito. Bongiorno também disse que espera que o Corpo de Bombeiros receba mais efetivo como aconteceu com as polícias Civil e Militar em Cianorte para que as vistorias não voltem a atrasar novamente. “Se não tem vistoria do Corpo de Bombeiros, a prefeitura não pode dar alvará para o estabelecimento”, justificou.

A força tarefa contou com o reforço de 14 servidores do Corpo de Bombeiros que vieram de Maringá para trabalhar essa semana em Cianorte. Eles atualizaram em torno de 750 solicitações de vistorias e mais 60 projetos de prevenção contra incêndios. O tenente Feijó orienta que os proprietários que solicitarem vistorias, devem apresentar a documentação do estabelecimento na hora para o Corpo de Bombeiros, pois isso pode agilizar ainda mais os procedimentos. Como houve mudança nas normas de prevenção contra incêndios, alguns casos seriam mais simplificados que outros.

MELHORIAS – Além de colocar em dia a parte burocrática, a Corpo de Bombeiros de Cianorte também espera uma melhoria estrutural. Além do problema da falta de efetivo, O tenente Feijó comenta que uma parceria com a prefeitura ajuda o trabalho na cidade. Como a manutenção de viaturas. E que há a possibilidade da doação de um caminhão para 2016.

Texto e foto: Andye Iore/FOLHA

Compartilhe: