Copel orienta sobre cuidados com eletricidade durante as férias

Férias de inverno é quando as crianças passam mais tempo em casa e nas brincadeiras ao ar livre – e quando aumentam os riscos de choque elétrico. Com os menores, as tomadas são ponto de atenção, bem como carregadores de celular, que devem ser sempre desconectados quando o aparelho estiver carregado. Já os maiores precisam conhecer os riscos de soltar pipas perto da rede elétrica. A atividade pode trazer prejuízos para a comunidade e ainda causar graves acidentes.

Em 2018, 1.504 interrupções no fornecimento de energia foram provocadas pelo contato de pipas e outros objetos estranhos com a rede elétrica. De janeiro até agora, outros 717 desligamentos já foram ocasionados pelo mesmo motivo. Além de deixar o bairro no escuro, a brincadeira também pode resultar em acidente. Foi o que aconteceu na última semana, em Ponta Grossa, com uma criança levou uma descarga elétrica ao tentar retirar uma pipa enroscada na rede com uma vara de bambu.

Para evitar que situações como esta se repitam, a Copel tem visitado escolas para levar palestras a cerca de 30 mil estudantes de ensino fundamental a cada ano. O recado também está presente em feiras e eventos nas comunidades, bem como no teatro educativo “Histórias Eletrizantes”.

Procurar por um local afastado da rede elétrica é a primeira dica para quem quer soltar pipa em segurança. “Temos conversado bastante com as crianças e as famílias, enfatizando que as pipas devem ficar longe da rede elétrica. E se o brinquedo enroscar nos fios, jamais se deve tentar retirá-lo”, destaca o gerente de Segurança do Trabalho da Copel, Alessandro Maffei da Rosa. Ele ressalta, ainda, que o uso de cerol ou materiais metálicos potencializam o risco de choque. Por isso, nunca devem ser utilizados na confecção do brinquedo.

CUIDADOS EM CASA

Em casa, os pais também precisam estar atentos para evitar acidentes com energia. Com crianças pequenas em casa, é sempre importante proteger as tomadas que estiverem fora de uso.

O gerente de segurança dá outras dicas para prevenir os acidentes em casa: “Desde cedo pode-se ensinar aos pequenos que é preciso desligar o chuveiro para trocar a temperatura. Ou que não se deve mexer nos fios de equipamentos eletrônicos que estiverem ligados à tomada”, exemplifica. Ele ainda lembra que as crianças aprendem pelo exemplo, e por isso os pais também devem ser os primeiros a adotar um comportamento seguro. “Usar a energia com consciência é uma atitude em que todos ganham”, afirma.

Fonte: Agência Estadual de Notícias do Paraná

Compartilhe: