Convênio de R$ 991 mil viabiliza equipamentos para Santa Casa de Campo Mourão

O secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, esteve em Campo Mourão, Região Noroeste do Paraná, neste último sábado (7), para assinatura do termo de convênio do Governo do Estado e Santa Casa de Misericórdia de Campo Mourão, no valor de R$ 991 mil. O dinheiro será usado para aquisição de um tomógrafo, um raio-x móvel e uma digitalizadora para o setor de imagem do hospital. Os três equipamentos podem fazer mais de 2.680 exames por mês.

“Firmamos hoje a autorização do convênio para compra de novos equipamentos, seguindo a orientação do governador Ratinho Junior e da nossa política de regionalização e descentralização da saúde no Estado. Cada equipamento, cada reforma que viabilizamos, estamos colocando um atendimento mais perto das pessoas, estamos aproximando o serviço de saúde da residência dos paranaenses”, afirmou o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

“Sem dúvidas estes equipamentos beneficiarão toda a população da 11ª Regional de Saúde e pretendemos fazer ainda mais pela Santa Casa e pelo município de Campo Mourão e região. Em breve o Governo do Estado disponibilizará um Ambulatório Médico de Especialidades (AME) próximo ao hospital, além do envio de equipamento e reformas que já estão sendo realizadas”, acrescentou Beto Preto.

REPASSES

A Secretaria de Estado da Saúde investe R$ 941.450,00 e a Santa Casa R$ 49.550,00, totalizando R$ 991 mil. Este repasse foi aprovado na deliberação nº 42 da Comissão Intergestores Bipartite do Paraná (CIB/PR) em 15 de abril.

“Nosso objetivo é transformar este hospital em uma unidade de referência. Com certeza estes equipamentos salvarão a vida de muita gente e todos aqueles que precisarem, poderão contar com um atendimento de qualidade e excelência”, disse o deputado e secretário Estadual de Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, Marcio Nunes.

Nos dois últimos anos o Governo também repassou valores referentes há outros três convênios, como a ordem de serviço do heliponto da unidade, ampliação de estrutura física de Pronto Atendimento e maternidade e também para a reforma da cobertura da instituição, somando aproximadamente R$ 3,6 milhões. A Secretaria também envia mensalmente R$ 550 mil para o hospital.

CORONAVÍRUS

Ainda segundo Beto Preto, o equipamento de tomógrafia é necessário para o atendimento nos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e se tornou ainda mais importante em meio a pandemia de Covid-19. “Um paciente internado em leito de UTI tem a necessidade de realizar um exame de tomografia. Atualmente este exame é capaz de diagnosticar, até 72 horas antes, uma piora no quadro clínico de um paciente diagnosticado com a Covid-19”, explicou.

O secretário municipal de Saúde de Campo Mourão, Sergio Henrique dos Santos, elogiou o trabalho do secretário Beto Preto frente a Saúde do Paraná e principalmente no combate da pandemia do novo coronavírus. “Infelizmente estamos passando por este momento difícil, de muitas perdas, mas felizmente podemos afirmar que no Paraná ninguém morreu por falta de atendimento e tenho certeza que o Estado entrará para a história com relação ao tratamento desta pandemia”, disse.

HOSPITAL SANTA CASA

O Hospital Santa Casa é uma entidade privada, sem fins lucrativos, que presta atendimento médico-hospitalar há 65 anos, destinando atualmente mais de 86% de sua capacidade de atendimento ao Sistema Único de Saúde (SUS).

Os serviços na unidade atendem a população da 11ª Regional de Saúde que abrange 25 municípios do Estado, cerca de aproximadamente 334.228 habitantes.

“Temos somente um tomógrafo antigo que tem dado problemas constantemente, então fizemos esse pedido pra Secretaria e para o secretário Beto Preto e hoje estamos recebendo essa liberação para a compra principalmente deste equipamento que ajudará muito o atendimento na região, especialmente em meio a pandemia de Covid, visto que o exame é uma das formas de examinar e detectar a doença”, disse o presidente do hospital, Pedro Henrique Montans Baer.

PRESENÇAS

Participaram da assinatura também o deputado estadual Douglas Fabrício, a presidente do Conselho Municipal de Saúde de Campo Mourão, Lenilda de Assis, o prefeito em exercício, Beto Voidelo, o diretor da 11ª Regional de Saúde, Eurivelton Siqueira e demais servidores do hospital.

Fonte: Agência Estadual de Notícias do Paraná

Compartilhe:
Banner Edplants, Acesse