CONTRUINDO DE UM NOVO SORRISO

A Reabilitação Oral é um dos mais recentes recursos que utilizamos para cuidar de forma ampla de toda a dentição do paciente. Reabilitar é tornar hábil de novo, tornar viável e útil o que estava prejudicado. Por isso quando um paciente decide reestruturar seu sorriso, deve ser esclarecido de como cuidar da higiene dental com as informações básicas de quantas vezes escovar os dentes, a maneira correta de escová-los, o tempo de escovação, o uso do fio dental, o melhor creme dental, etc.

Antes de iniciar um tratamento de reabilitação oral é preciso que os profissionais envolvidos façam uma análise detalhada da situação do paciente e levem em consideração o que ele espera do resultado final para que os interesses sejam satisfeitos, afinal, os problemas orais podem ir além dos dentes, como por exemplo, mastigação deficiente, gengivite, periodontite, dentes tortos, entre outros.

A reabilitação oral a cada dia evolui e tem trazido melhores condições de saúde oral tanto do ponto de vista mastigatório quanto estético. Sem duvida nenhuma a perda de dentes é um problema, e apresenta uma relação direta com distúrbios mastigatórios, gastrintestinais, envelhecimento facial e ainda prejudica o relacionamento social. Como consequências ocorrem alterações funcionais na oclusão, estéticas e diminuição da autoestima.

Infelizmente, ainda é muito comum nos dias atuais encontrarmos principalmente pacientes da terceira idade com perda de todos os dentes e, consequentemente, é comum o uso de dentaduras para repor esses dentes. Esta situação pode ser solucionada com tratamentos rápidos e eficientes com o uso de implantes dentários, obviamente considerando a indicação correta correspondente a cada caso.

Com a evolução dos implantes, as próteses sobre implantes também tiveram que acompanhar as mudanças. O tipo de prótese, e os materiais usados dependem de vários fatores, entre eles os clínicos e biológicos.

O sucesso de uma prótese sobre implante ancora em fundamentos e planejamentos integrados, onde os resultados são antecipadamente projetados. Vários tipos de implantes e de próteses podem ser utilizados, porem cabe ao profissional optar e indicar o melhor para cada caso.

Portanto, o planejamento é individual e variável, logo, consiste na fase mais importante do tratamento e exige um trabalho integrado entre os profissionais envolvidos para se chegar a resultados estéticos e funcionais adequados e, consequentemente, à satisfação do paciente.

Colaboração: Dr. Wagner Destéfano

Cirurgião Dentista – CRO 10637

Compartilhe:
Banner Edplants, Acesse