Confiança da construção é a maior desde janeiro de 2015, diz FGV

O Índice de Confiança da Construção (ICST) avançou 2,9 pontos em novembro, encerrando o mês com 84,7 pontos, maior nível para o indicador desde janeiro de 2015. Os dados foram divulgados pela Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta terça-feira (27).

De acordo com o levantamento, o desempenho é resultado da melhora nas avaliações sobre as perspectivas para os negócios, assim como em relação à situação atual da economia.

No mês, o Índice de Expectativas (IE-CST) avançou 4,8 pontos, atingindo 95,8 pontos, enquanto o Índice de Situação Atual (ISA-CST) creceu 1,1 ponto, alcançando 74,1 pontos seu maior nível desde junho de 2015.

Na avaliação da coordenadora da pesquisa da FGV, Ana Maria Castelo, os indicadores refletem uma recuperação da demanda no setor e dos negócios no curto prazo. “Nos três últimos meses, as expectativas de recuperação da demanda e de melhoria dos negócios no curto prazo aumentaram a confiança dos empresários do setor”, disse.

Fonte: Governo do Brasil, com informações da FGV

Compartilhe: