Começam os preparativos para o Justiça no Bairro deste ano

Programa que oportuniza de forma gratuita o acesso a diferentes serviços acontece nos dias 14 e 15 de setembro

Os preparativos para mais uma edição do Justiça no Bairro em Cianorte já começaram. O programa que oportuniza o acesso gratuito a serviços jurídicos, de assistência social, saúde, beleza, recreação e preservação ambiental acontecerá, desta vez, nos dias 14 e 15 de setembro. Para tratar da organização do evento, representantes do Poder Judiciário do Estado do Paraná, Prefeitura, Provopar, Sistema Fecomércio/ SESC Cidadão e Unipar, se reuniram na última sexta-feira (08).

Na oportunidade, a desembargadora do Tribunal de Justiça do Paraná, Joeci Machado Camargo, que lidera o programa em todo o Estado, esclareceu dúvidas e traçou ajustes operacionais para que tudo saia como o planejado na data. “Estamos em busca de transformar a vida das pessoas que precisam de assistência, em especial, as socialmente vulneráveis. Sendo assim, essa organização é necessária para que o atendimento seja ofertado da forma mais eficaz e digna possível”, pontuou.

Para este ano, o Justiça no Bairro traz novidades. “Além dos tradicionais serviços jurídicos de conciliação na área Cível ofertados nos quatro anos anteriores, como divórcio, interdição de pessoas doentes ou com incapacidade física para receber aposentadoria e regularização da pensão alimentícia; emissão de identidade, entre outros; também serão ofertadas orientações sobre planejamento familiar”, informa a primeira-dama e presidente de honra do Provopar, Fátima Bongiorno. A lista de serviços completa será divulgada em breve.

CASAMENTO COLETIVO

Assim como nas edições anteriores, o Justiça no Bairro será encerrado com o casamento comunitário no dia 15 de setembro (sábado). Para quem desejar regularizar a sua relação, as inscrições começam no dia 18 de junho e seguem até o dia 24 de agosto e poderão ser efetuadas nos Centros de Referência em Assistência Social (Cras) I e II, no Provopar e nos Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos de São Lourenço e Vidigal.

O critério para participar é a renda, que deve ser de até três salários mínimos, por casal. No momento da inscrição é preciso que cada um apresente os documentos de identidade (RG e CPF); comprovante de residência; certidão de nascimento atualizada nos últimos 90 dias; e, quando divorciado, o formal de partilha de bens do processo de divórcio ou certidão negativa de bens.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social da Prefeitura do Município de Cianorte

Compartilhe: