Com protagonismo do Paraná, projeto de integração nacional dos RGs é apresentado em Brasília

O projeto de integração nacional dos registros civis, conduzido pela Celepar, em parceria com empresas estaduais de tecnologia, foi apresentado nesta semana ao secretário nacional de Segurança Pública, Carlos Renato Machado Paim, e ao secretário executivo do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Márcio Nunes de Oliveira.

O projeto objetiva criar um índice nacional com informações das carteiras de identidade dos estados, permitindo que os profissionais que atuam em segurança pública tenham mais facilidade em identificar cidadãos.

A iniciativa é fruto de reuniões de trabalho entre empresas estaduais de tecnologia pública que integram a Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Tecnologia da Informação e Comunicação (ABEP), da qual a Celepar faz parte. Além destas companhias, participam representantes dos Conselhos Nacionais de Secretários de Segurança Pública (Consesp) e de Institutos de Identificação (Conadi).

O presidente da Celepar, Leandro Moura, diz que unificar é o melhor caminho em termos de segurança pública. “Para isso, as parcerias entre os órgãos estatais que atuam nessa frente são fundamentais, pois a experiência de cada um é rica para o êxito deste projeto”, afirma. “A tecnologia também é uma grande aliada, e seu uso pode auxiliar no trabalho policial, como no combate ao estelionato e fraudes”.

A Celepar está trabalhando no desenvolvimento de uma prova de conceito para a primeira etapa do projeto com implantação do índice nacional dos registros civis. Essa prova faz parte de estudos de viabilidade técnica do projeto.

Leandro Moura explica que o grupo de trabalho da ABEP pretende desenvolver outras iniciativas na área de segurança pública, sempre com objetivo de utilizar a tecnologia para apoiar o trabalho dos profissionais da linha de frente e, principalmente, atuar na busca pela excelência na prestação dos serviços públicos.

No Paraná, a companhia auxilia os órgãos há anos. Um dos últimos exemplos é o Sesp Coletas, sistema que facilita a identificação através de impressões digitais.

PRESENÇAS

Participaram do encontro o coordenador técnico do grupo de trabalho, Jair Fernandes, da Celepar; o presidente do Consesp, Cristiano Barbosa Sampaio; o presidente da Abep e do Instituto de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Espírito Santo (Prodest), Tasso Lugon; e a coordenadora do grupo de trabalho da Abep, Patrícia Sampaio.

Fonte: Agência Estadual de Notícias do Paraná

Banner Edplants, Acesse