Com nova estrutura física e modelo de gestão, Casa Lar é inaugurada em Cianorte

Antiga Pousada da Criança recebeu obras de reforma e ampliação. Além disso, órgão passou a ser administrado pelo programa Aldeias Infantis SOS

Uma movimentação diferente chamou a atenção de quem passou pela Praça Oswaldo Cruz na manhã dessa quinta-feira (14). Isto porque, autoridades e profissionais da Rede de Proteção Infantojuvenil reuniram-se para a solenidade que celebrou a inauguração da Casa Lar de Cianorte. O local, que era a antiga Pousada da Criança, recebeu investimentos de mais de R$ 235 mil em obras de reforma e ampliação e passa a operar com um novo sistema de gestão, realizado pela organização não governamental Aldeias Infantis SOS Brasil, que tem reconhecimento do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) e do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef).

Chegamos a Cianorte com o que é fundamental para desenvolver o trabalho de acolhimento às crianças e aos adolescentes que precisam de cuidado e proteção: apoio. Temos no poder público a base para as ações. Além disso, contamos com uma equipe técnica própria, composta por mães sociais, assistente social e psicólogo, que garantirá o acompanhamento adequado. Juntos vamos levantar a bandeira da convivência familiar e comunitária e defender direitos”, afirmou a gestora nacional da Aldeias Infantis SOS Brasil, Sandra Greco da Fonseca.

A Juíza de Direito da Vara de Família, Infância e Juventude, Marília Mitie Yoshida; o Juiz de Direito Substituto, Thiago Cavicchioli Dias; e o Promotor de Justiça, Carlos Henrique Soares Monteiro; relataram como foi o processo de implantação no novo sistema de gestão e efetuaram votos de sucesso. “Nosso objetivo é o de sempre melhorar e, para isso, não é necessário somente estrutura física, mas também contar com pessoas comprometidas. Por isso, estamos otimistas e acreditamos que, assim, vamos aprimorar o serviço de proteção integral às crianças e adolescentes que, por motivo de negligência, discriminação, abuso ou exploração, tiveram seus vínculos familiares fragilizados ou rompidos”, disse a Dra. Marília.

Nesse sentido, a secretária municipal de Assistência Social, Marlene Bataglia, declarou que “a palavra que resume o momento é gratidão. Por isso, prestamos nosso mais sincero agradecimento a cada um dos envolvidos com a concretização deste projeto, audacioso e inusitado na história de nosso município. Em especial, citamos o Ministério Público, o Judiciário, o prefeito Bongiorno, a equipe da Secretaria de Assistência Social e demais pastas municipais, assim como toda a Rede de Proteção a Criança e ao Adolescente”.

Já o deputado estadual Jonas Guimarães lembrou que “lá em Curitiba, onde representamos a cidade e região, lutamos por esta iniciativa e, por meio da Secretaria da Família e Desenvolvimento Social, aqui representada pela chefe do Escritório Regional, Lucélia Guimarães Gelfei, conseguimos com o que o Governo do Paraná contemplasse a nova Casa Lar com recursos de R$ 85 mil para a compra de móveis e outros utensílios domésticos”.

O prefeito Bongiorno, por sua vez, destacou que “a administração municipal fez de tudo para resolver os problemas da Pousada da Criança, conforme contempla a lei e dentro das possibilidades do município, para transformar o que era um abrigo em uma casa, no sentido de proporcionar o devido acolhimento, em um espaço adequado e com profissionais altamente capacitados, dando às crianças e adolescentes um lugar para chamar de lar, enquanto não podem ficar com sua família de origem”, salientou, juntamente com o vice, Beto Nabhan.

O chefe do Executivo, também efetuou elogios e agradecimentos a equipe da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano, órgão responsável pelo projeto e fiscalização das obras de reforma e ampliação do local, que recebeu novas pinturas, revestimentos, aberturas (portas e janelas), telhas e forro; além da revitalização dos sistemas elétrico e hidráulico e adequações para garantir a acessibilidade. A ampliação da estrutura foi de 76 m², que possibilitou aperfeiçoar os espaços da cozinha, refeitório, despensa, lavanderia, playground, um novo quarto e uma brinquedoteca. “Não medimos esforços para que o lugar fosse feito com excelência”, afirmou Bongiorno.

Também prestigiaram a ocasião: os vereadores Santina Buzzo, Márcia Pereira e Natal Reis; secretários e chefes de divisões municipais; profissionais da Rede de Proteção a Criança e ao Adolescente; servidores da Secretaria Municipal de Assistência Social e do Ministério Público.

ALDEIAS INFANTIS SOS BRASIL

É uma organização humanitária internacional, sem fins lucrativos e de promoção ao desenvolvimento social, que trabalha desde 1949 na defesa, garantia e promoção dos direitos de crianças, adolescentes e jovens. Está presente em 134 países e, no Brasil, possui projetos em 12 estados e no Distrito Federal. Em Cianorte, a Aldeias prestará o serviço de acolhimento, no qual cada núcleo familiar é composto por até nove crianças/adolescentes. A mãe social (cuidadora residente) é responsável pelo cuidado e projeto de vida de cada um, garantindo seus direitos básicos, como alimentação, educação, saúde, lazer e o direito à convivência familiar e comunitária. Saiba mais em: https://www.aldeiasinfantis.org.br.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social da Prefeitura do Município de Cianorte

Compartilhe: