Clube do Vinil realiza primeiro encontro em Maringá

vinyl2Será realizado no próximo sábado (4) à noite o primeiro encontro do Clube do Vinil de Maringá. O evento será no Casa da Vó Bar com entrada gratuita. Além dos expositores participantes do clube que venderão e trocarão discos de vinil, também haverá show com a banda maringaense Força, Fé, Ataque e Resistência e participação da Cervejaria Araucária que está com suas cervejas artesanais no bar.

O Clube do Vinil de Maringá foi formado pela internet no mês passado para reunir colecionadores e comerciantes de discos de vinil. A intenção é fazer encontros ocasionais itinerantes em pontos culturais de Maringá, que tem muitos colecionadores e fãs de vinil que não se conhecem.
Assim, estão no Clube do Vinil roqueiros, DJs, donos de webshops, radialistas, comerciantes, professores, artistas do hip hop, entre outros. Até os que vendem discos pela internet tem perfil diferente. “Eu só vendo no Mercado Livre”, anuncia Carlos Vascaíno, que vende discos pela internet desde 2003, destacando LPs, CDs e fitas cassetes de heavy metal. “Trabalho sozinho e não tenho tempo para fazer site. A clientela não é fiel e o que funciona é preço, qualidade e variedade”.
O destaque entre os fãs de vinil em Maringá é Eduardo Lemos. Ele comanda a Melomano Discos desde 2008, mas comercializa discos pela internet desde 1999. Desde então acumula um acervo com 30 mil títulos, sendo que em torno de 9 mil estão no site. “Trabalhamos com uma grande diversidade de produtos, de discos a calcinhas”, comenta Lemos. A Melomano Discos tem acervo variado e costuma ter muitas raridades no catálogo. Desde discos de MPB fora de catálogo, até discos de punk rock autografado pelos músicos. Tudo garimpado em feiras de discos pelo Brasil e contatos no exterior.
Quem também tem foco no heavy metal e hard rock é a Omisso Records que tem empresa formalizada e um blog com seus títulos disponíveis. “Muita coisa só trago por encomenda, principalmente as raridades”, explica Leandro CDX Morais, que vende discos pela internet desde 2001.
LANÇAMENTOS LOCAIS – Maringá tem até um artista que já lançou discos de vinil. É o produtor DJ Haveck que já lançou três discos com suas músicas eletrônicas. Em 2004 ele bancou R$ 1,2 mil do próprio bolso do disco “Essencial”, já esgotado. A banda maringaense de hard core/crust Distanásia também já lançou dois compactos em vinil: o split “Distanásia/Reiketsu” em 2013 e “Entre a Balança e a Espada” esse ano.

Quem também terá discos à venda no Clube do Vinil é o Projeto Zombilly que tem foco no rock tosquera como garage, punk, psychobilly, rockabilly e surf music. O projeto cultural compra discos de edições limitadas de bandas que tocam nos shows ou no programa Zombilly no Rádio. Como compactos em vinil da gravadora holandesa Monster Mash que lança tiragens limitadas em 150 cópias e numeradas, discos autografados por mitos do cenário rockabilly e psychobilly mundial adquiridos com as próprias bandas em festivais pelo Brasil, entre muitas raridades na coleção do jornalista que manteve parte do acervo da loja maringaense O Porão Discos, fechada no final da década de 1990.
SERVIÇO:
Encontro do Clube do Vinil de Maringá
Local: Casa da Vó Bar
Endereço: Avenida Euclides da Cunha, 155, próximo ao Country Club
Data: 4 de outubro de 2014, sábado, das 19h às 23h30
Entrada gratuita
Show com Força, Fé, Ataque e Resistência
Texto: Andye Iore / Imagem ilustrativa
Banner Edplants, Acesse

Be the first to comment on "Clube do Vinil realiza primeiro encontro em Maringá"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*