Cida destaca importância da formação continuada para policiais


A governadora Cida Borghetti participou nesta sexta-feira (9), em Foz do Iguaçu, do encerramento do IV Encontro Internacional de Diretores de Educação Policial, promovido pela Academia Policial Militar do Guatupê e a Rede de Internacionalização de Educação Policial (Rinep). O evento reuniu diretores, chefes e comandantes de diversas instituições para discutir a internacionalização da formação militar.

“Tivemos aqui representantes de 14 países e de sete estados brasileiros discutindo uma política única para a formação dos nossos policiais”, disse a governadora. “Não há outro caminho para o aprimoramento profissional, tecnológico e educacional senão uma formação continuada de qualidade”, acrescentou ela.

O evento, que começou na quarta-feira (7), foi composto por conferências e painéis com especialistas que, além da internacionalização, discutiram métodos e ações para fomentar a integração entre as instituições de educação superior, ferramentas para a busca da profissionalização do serviço policial e outros assuntos acerca do tema.

“Durante esses três dias, debatemos sobre um parâmetro a nível mundial de educação para os policiais. Queremos um currículo base para todos, independente da localidade, que dissemine treinamentos e conhecimentos entre as polícias”, disse a comandante-geral da Polícia Militar do Paraná, coronel Audilene Dias Rocha.

ADESÃO

Durante o evento também houve a adesão de novos membros à Rinep e a escolha do novo diretor da entidade para 2019, o general peruano Miguel Palomino. Até então, o posto era ocupado pelo coronel da Polícia Militar do Paraná, Mauro Celso Monteiro. No encontro, foi ainda discutida a agenda de 2030 para o desenvolvimento sustentável da segurança pública.

HISTÓRICO

A Rinep foi criada em 2016 pela Polícia Nacional da Colômbia. É um grupo de caráter acadêmico, constituído pelas instituições de ensino ligadas à formação, graduação e pós-graduação de policiais civis e militares, que visa a cooperação internacional e operacionalização das estratégias. Atualmente, conta com 33 instituições de educação policial de 14 diferentes países da Europa e da América.

Fonte: Agência Estadual de Notícias do Paraná

Compartilhe: