Cianorte vive expectativa econômica natalina

comercio01Os cianortenses têm boas expectativas para o fim do ano. Principalmente no comércio onde tanto os consumidores devem encontrar grande variedade de produtos, com preços acessíveis. E os lojistas esperam faturar bem. O comércio passa a ficar aberto até às 22 horas a partir do dia 12 de dezembro. Já os sábados dos dias 6,13 e 20 de dezembro terão comércio aberto até às 17 horas.

Enquanto isso, os lojistas investem no estoque e a Associação Comercial e Empresarial de Cianorte (ACIC) já anunciou essa semana a campanha natalina. O Projeto Natal Decorado será entre as ruas Ipiranga e Piratininga, numa parceria entre a ACIC, o Núcleo Multisetorial do Comércio Varejista das Ruas Ipiranga e Piratininga e a prefeitura de Cianorte. A decoração natalina ficará entre os dias 5 de dezembro 2014 e 5 de janeiro de 2015. “Estamos mobilizados para fazer com que as pessoas façam suas compras de fim de ano aqui em nossa cidade”, comentou o presidente da ACIC, Sérgio Castardo.

As iniciativas são grandes, mesmo com um impasse sobre o que fazer com o dinheiro pela incerteza da economia do país. Se paga conta, economiza o dinheiro ou faz as tradicionais compras de final de ano. O 13° salário, os presentes de Natal e as compras relacionadas ao começo do ano letivo – como material e uniforme escolar – movimentam a economia nessa época. A estimativa do Departamento Intersidincal de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese) é que o 13ª salário coloque mais de R$ 38 milhões em Cianorte. A primeira parcela do 13° salário deve começar a ser paga pelas empresas essa semana aos funcionários.

Independente do impasse econômico, a ACIC oferece treinamento aos funcionários das empresas e reforça a divulgação da campanha no comércio que sorteia brindes aos clientes que compram nos estabelecimentos comerciais cianortenses.

Na Livraria Tinelli, a expectativa é de um crescimento das vendas em torno de 10% em relação ao ano passado, impulsionada por duas situações: as vendas de Natal e as compras de material escolar para o ano letivo de 2015. “Mesmo se a situação não estiver boa, as pessoas colocam a mão no bolso e sempre compram presentes”, considera o proprietário da livraria, Nelson Casotti. As duas unidades da empresa já tem grande movimento aos sábados. O que deve crescer a partir do começo de dezembro para o Natal e aumentar ainda mais no começo de janeiro para consulta de preços das listas e compras dos materiais escolares. Entre as opções de presentes na livraria, se destacam no estoque as árvores natalinas, cujo preço varia entre R$ 20 e R$ 400, e as agendas para o novo ano variando entre R$ 4 e R$ 70.

MÃO-DE-OBRA – Até essa semana ainda não havia oferta de vagas para trabalho temporário na Agência do Trabalhador de Cianorte, segundo informações do gerente da Agência, Roberson Morales.
A Livraria Tinelli é uma das empresas que se adiantaram e reforçaram o quadro de colaboradores. A empresa deve contratar um pouco mais de dez funcionários para atendimento entre o final de ano e o começo de 2015, quando as lojas também tem grande movimento com os pais comprando material escolar para os filhos.

A Livraria Tinelli é uma das empresas que ajudam nessa estatística. A empresa deve comprar um pouco mais de dez funcionários para atendimento entre o final de ano e o começo de 2015, quando as lojas também tem grande movimento com os pais comprando material escolar para os filhos.

comercio-geral

Polícia reforçará policiamento nas ruas

Com o aumento do movimento nas ruas cianortenses, a Polícia Militar também reforçará o trabalho nas vias públicas num trabalho preventivo. “Vamos fazer a Operação Natal com mais policiais nas ruas no período que o comércio ficar atendendo à noite”, comenta o major da 5ª Companhia Independente de Polícia Militar, José da Silva Neto.

Para isso, a escala de trabalho será reforçada com a redução nas folgas do efetivo. O major Silva Neto orienta as pessoas para que tenham cuidado quando andarem nas ruas em meio a grande circulação de pessoas, como é comum no período natalino. Vale atenção redobrada com as bolsas de mão, sacolas e cuidados com os veículos, desde estacionar em local com mais movimento até verificar se ele está devidamente fechado quando a pessoa sair. Outro foco do trabalho policial no final de ano também visa evitar assaltos aos estabelecimentos comerciais, já que é um período que circula mais dinheiro.

 ABERTURA DO COMÉRCIO:
– a partir de 12 de dezembro: até às 22h
– sábados: dias 6, 13 e 20 – até às 17h

Texto: Andye Iore / Fotos: Folha de Cianorte, ACIC e Andye Iore

Compartilhe:

Cianorte vive expectativa econômica natalina

comercio01Os cianortenses têm boas expectativas para o fim do ano. Principalmente no comércio onde tanto os consumidores devem encontrar grande variedade de produtos, com preços acessíveis. E os lojistas esperam faturar bem. O comércio passa a ficar aberto até às 22 horas a partir do dia 12 de dezembro. Já os sábados dos dias 6,13 e 20 de dezembro terão comércio aberto até às 17 horas.

Enquanto isso, os lojistas investem no estoque e a Associação Comercial e Empresarial de Cianorte (ACIC) já anunciou essa semana a campanha natalina. O Projeto Natal Decorado será entre as ruas Ipiranga e Piratininga, numa parceria entre a ACIC, o Núcleo Multisetorial do Comércio Varejista das Ruas Ipiranga e Piratininga e a prefeitura de Cianorte. A decoração natalina ficará entre os dias 5 de dezembro 2014 e 5 de janeiro de 2015. “Estamos mobilizados para fazer com que as pessoas façam suas compras de fim de ano aqui em nossa cidade”, comentou o presidente da ACIC, Sérgio Castardo.

As iniciativas são grandes, mesmo com um impasse sobre o que fazer com o dinheiro pela incerteza da economia do país. Se paga conta, economiza o dinheiro ou faz as tradicionais compras de final de ano. O 13° salário, os presentes de Natal e as compras relacionadas ao começo do ano letivo – como material e uniforme escolar – movimentam a economia nessa época. A estimativa do Departamento Intersidincal de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese) é que o 13ª salário coloque mais de R$ 38 milhões em Cianorte. A primeira parcela do 13° salário deve começar a ser paga pelas empresas essa semana aos funcionários.

Independente do impasse econômico, a ACIC oferece treinamento aos funcionários das empresas e reforça a divulgação da campanha no comércio que sorteia brindes aos clientes que compram nos estabelecimentos comerciais cianortenses.

Na Livraria Tinelli, a expectativa é de um crescimento das vendas em torno de 10% em relação ao ano passado, impulsionada por duas situações: as vendas de Natal e as compras de material escolar para o ano letivo de 2015. “Mesmo se a situação não estiver boa, as pessoas colocam a mão no bolso e sempre compram presentes”, considera o proprietário da livraria, Nelson Casotti. As duas unidades da empresa já tem grande movimento aos sábados. O que deve crescer a partir do começo de dezembro para o Natal e aumentar ainda mais no começo de janeiro para consulta de preços das listas e compras dos materiais escolares. Entre as opções de presentes na livraria, se destacam no estoque as árvores natalinas, cujo preço varia entre R$ 20 e R$ 400, e as agendas para o novo ano variando entre R$ 4 e R$ 70.

MÃO-DE-OBRA – Até essa semana ainda não havia oferta de vagas para trabalho temporário na Agência do Trabalhador de Cianorte, segundo informações do gerente da Agência, Roberson Morales.
A Livraria Tinelli é uma das empresas que se adiantaram e reforçaram o quadro de colaboradores. A empresa deve contratar um pouco mais de dez funcionários para atendimento entre o final de ano e o começo de 2015, quando as lojas também tem grande movimento com os pais comprando material escolar para os filhos.

A Livraria Tinelli é uma das empresas que ajudam nessa estatística. A empresa deve comprar um pouco mais de dez funcionários para atendimento entre o final de ano e o começo de 2015, quando as lojas também tem grande movimento com os pais comprando material escolar para os filhos.

comercio-geral

Polícia reforçará policiamento nas ruas

Com o aumento do movimento nas ruas cianortenses, a Polícia Militar também reforçará o trabalho nas vias públicas num trabalho preventivo. “Vamos fazer a Operação Natal com mais policiais nas ruas no período que o comércio ficar atendendo à noite”, comenta o major da 5ª Companhia Independente de Polícia Militar, José da Silva Neto.

Para isso, a escala de trabalho será reforçada com a redução nas folgas do efetivo. O major Silva Neto orienta as pessoas para que tenham cuidado quando andarem nas ruas em meio a grande circulação de pessoas, como é comum no período natalino. Vale atenção redobrada com as bolsas de mão, sacolas e cuidados com os veículos, desde estacionar em local com mais movimento até verificar se ele está devidamente fechado quando a pessoa sair. Outro foco do trabalho policial no final de ano também visa evitar assaltos aos estabelecimentos comerciais, já que é um período que circula mais dinheiro.

 ABERTURA DO COMÉRCIO:
– a partir de 12 de dezembro: até às 22h
– sábados: dias 6, 13 e 20 – até às 17h

Texto: Andye Iore / Fotos: Folha de Cianorte, ACIC e Andye Iore

Compartilhe: