Casal é preso com drogas e munições em fundo falso de carro de luxo

trafico-carro3Um casal foi preso na última terça-feira (18) pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) ao ser flagrado transportando drogas e munições em seu veículo. O homem de 53 anos e a mulher de 30 anos estavam num Toyota Hilux e foram parados na rodovia BR 487, na região de Alto Paraíso (a aproximadamente 165 quilômetros de Cianorte), por policiais rodoviários federais. O material apreendido eram 41,9 quilos de cocaína, 32,6 quilos de pasta base e 100 munições de calibre 9 milímetros. E ainda uma quantia em dinheiro.

O carango luxuoso que chega a custar mais de R$ 150 mil, dependendo do modelo, tinha fundos falsos atrás e embaixo do banco traseiro. Foi preciso usar uma serra para abrir os compartimentos onde estava a droga.

O casal informou aos policiais que carregaram a droga em Pedro Juan Caballero, no Paraguai e entregariam em Curitiba, recebendo R$ 15 mil pelo transporte.  Os presos e o material apreendido foram encaminhados para a delegacia da Polícia Federal em Guaíra.

Texto: Andye Iore, com informações e foto da PRF-PR

Compartilhe:

Casal é preso com drogas e munições em fundo falso de carro de luxo

trafico-carro3Um casal foi preso na última terça-feira (18) pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) ao ser flagrado transportando drogas e munições em seu veículo. O homem de 53 anos e a mulher de 30 anos estavam num Toyota Hilux e foram parados na rodovia BR 487, na região de Alto Paraíso (a aproximadamente 165 quilômetros de Cianorte), por policiais rodoviários federais. O material apreendido eram 41,9 quilos de cocaína, 32,6 quilos de pasta base e 100 munições de calibre 9 milímetros. E ainda uma quantia em dinheiro.

O carango luxuoso que chega a custar mais de R$ 150 mil, dependendo do modelo, tinha fundos falsos atrás e embaixo do banco traseiro. Foi preciso usar uma serra para abrir os compartimentos onde estava a droga.

O casal informou aos policiais que carregaram a droga em Pedro Juan Caballero, no Paraguai e entregariam em Curitiba, recebendo R$ 15 mil pelo transporte.  Os presos e o material apreendido foram encaminhados para a delegacia da Polícia Federal em Guaíra.

Texto: Andye Iore, com informações e foto da PRF-PR

Compartilhe: