Bombeiros encontram corpo jogado em poço de chácara em Campo Mourão

Após quatro dias de buscas, o Corpo de Bombeiros de Campo Mourão encontrou na tarde desta quarta-feira (15), o corpo, a princípio de um jovem de 23 anos, morador do Conjunto Avelino Piacentini, jogado em um poço, em uma chácara às margens da rodovia PR-158, próximo ao anel viário. Ainda não há identificação da vítima.

As informações iniciais eram de que os bombeiros teriam encontrado primeiro uma orelha e um dos ombros, porém o corpo foi localizado inteiro. Na mesma chácara, foi encontrado também o corpo de um homem carbonizado no quarto de uma residência após um incêndio na noite de sábado (11). A princípio trata-se de José Ricardo Grendel, 40 anos. A identificação será feita por exame de DNA. A Polícia Civil está investigando o caso.

Para as buscas, os bombeiros contaram com a ajuda da Defesa Civil e da secretaria de Obras do município. O poço onde estava o corpo tem cerca de 20 metros de profundidade. Um outro buraco foi cavado ao lado para o resgate por baixo.

O tenente do Corpo de Bombeiros, Alex Boni, explicou que para as buscas os bombeiros utilizaram um sistema de ancoragem, já que a estratégia foi descida ‘bombeiro a bombeiro’ fazendo a retirada manual da terra. O espaço ‘extremamente’ reduzido e a atmosfera contaminada dificultou os trabalhos de remoção.

As buscas tiveram hoje apoio de um cão farejador do Corpo de Bombeiros de Cianorte especializado neste tipo trabalho, já que havia a suspeita de mais corpos enterrados na chácara. Porém isso não foi confirmado. O corpo resgatado foi recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML) para exame de necropsia e identificação.

O CRIME

O crime foi descoberto após os bombeiros atenderem uma ocorrência de incêndio na chácara na noite do último sábado. Vizinhos teriam avisado a polícia sobre o corpo de um homem carbonizado em uma cama no interior do imóvel e outro corpo jogado no poço. Versão confirmada pela polícia.

Fonte: Tribuna do Interior

Compartilhe:
Banner Edplants, Acesse