BANDEIRA QUEIMADA

Afinal qual o valor de um pedaço de tecido verde, onde está estampado um losango e dentro dele tem uma esfera, com estrelas e com os dizeres: Ordem e Progresso. Afinal de que vale este pedaço de pano simples que costuma ficar no alto de um mastro espantando o vento? Sob o ponto de vista material, isto não é mais que um pedaço de pano que fica hasteado nos edifícios públicos e oficiais, no alto das embarcações, nas prefeituras e repartições que evocam o Estado. Puro e simples, um pedaço de pano. Foi este o raciocínio dos ANTIFAS, sem cérebros, amorfos e sem patriotismo que tiveram a ousadia, (nem digo coragem, porque coragem é para os fortes) de atear fogo ao nosso símbolo pátrio, em Curitiba, dias atrás. Que manifestação é esta que não se respeita a Pátria, o seu símbolo mais importante? A Bandeira Nacional, nada mais é de que o sangue que circula nas veias do Brasil, para manter-lhe a vida e manter acesas as brasas do patriotismo. Estes ANTIFAS da esquerda quiseram demonstrar o que? … quando puseram fogo em nossa bandeira. Mostraram uma total falta de cultura, falta de ideais, falta de amor à Pátria e aos brasileiros, e, os semianalfabetos rançosos conseguiram demonstrar a falta de valores morais, de valores cívicos, a falta de respeito aos demais brasileiros patriotas.

Uma bandeira é o símbolo da nacionalidade, e, assim tem sido em todos os tempos, em todos os lugares, merecedora de referências respeitosas e solenes. Os mais antigos romanos consideravam as bandeiras da legião romana como peças sagradas! Diante das bandeiras os cidadãos romanos prestavam jurando de fidelidade e perder uma bandeira em combate era um desastre capital. Hoje, em todos os países do mundo, o culto e o respeito ao pavilhão nacional estão vinculados à própria história da Nação que representa, à glória e à própria sobrevivência de seus povos. Estes desordeiros atingiram os meus valores preciosos que trago no coração: meu amor sem condições à Pátria que é meu berço, me acolhe, bem ou mal, mas estou entre brasileiros, entre irmãos, e a história da Pátria nada mais é do que nossa história pessoal, reunidas todas, com seus ganhos e com suas perdas. Queimar uma Bandeira Nacional é a forma mais ignorante de um protesto. Ora, o grupo estava defendendo a democracia e queimam a bandeira que é deles também?Sem noção nenhuma dos valores nacionais.

Desde criança aprendi na escola que o amor à Pátria não está vinculado a partidos políticos e muito menos às ideologias, é valorada por ser o símbolo do nosso país. Quando saio do Brasil e me perguntam de que país você vem, me encho de orgulho e digo: sou brasileira, vim do Brasil! E evoco com saudades o canto de minha escola primária, quando cantava:

“A minha terra é grande e bela e altaneira, ostenta invicta, uma linda bandeira. Esta Nação para sempre adorada e bem guardada dentro do meu coração. Quando tremulas, balouçada pela brisa, que mansamente beija a terra brasileira, sinto n’alma todo o vigor, da Pátria em flor, alvissareira…”.

Izaura Varella

Banner Edplants, Acesse