Associação Rainha da Paz visita a Câmara Municipal de Cianorte

Com a presença dos vereadores Dadá, Santina, Silvio, Victor, de Cianorte e do vereador de Umuarama, Mateus Barreto (PPS); o principal objetivo da visita dos assistidos pela instituição é proporcionar reflexão e conhecimento para exercerem, de forma exímia, o papel de cidadão

Na manhã e tarde desta terça-feira (1º), cerca de 100 alunos assistidos pela Associação Assistencial e Promocional Rainha da Paz – acompanhados da equipe de educadores responsáveis pela instituição: Patricia Mendes Pattaro Andreassi, Samara Suellen Rodrigues, Maria Claudia da Silva Teixeira, José Edmilson da Fonseca, Maurício Teixeira Lima, Valmir Messias dos Santos e Gleyce Caroline Liberati de Melo da Silva – tiveram um dia diferente, pois além de conhecer as dependências e o funcionamento do Poder Legislativo Municipal, compreenderam, na prática, o papel e a importância do trabalho dos vereadores.

Na oportunidade, os vereadores responderam diversas perguntas, dentre elas, o papel do vereador, tempo de mandato, como funciona o mandato, se pode exercer outras funções e sobre os últimos projetos aprovados. “Na última segunda-feira, foi aprovado, em segundo turno e redação final,por unanimidade, o projeto que doa um terreno para construção da sede da Rainha da Paz no Distrito de Vidigal, algo que irá beneficiar muito a população”, disse o presidente da Câmara Municipal, Silvio Fernandes – Silvio do Pátio (MDB), acompanhado dos vereadores Adailson Carlos Ignácio da Costa – Dadá (PROS), Santina Buzo (MDB) e Victor Hugo Davanço (Rede).

A Associação Assistencial e Promocional Rainha da Paz realiza o projeto Escolinha da Cidadania: Reaprendendo a ser Cidadão, o qual, desde agosto de 2018, tem como objetivo promover a cidadania junto aos assistidos. Subdividido em blocos, o projeto trabalha os seguintes temas: Direitos e Deveres, Conceito de Ética e Cidadania, Relações Interpessoais, Trabalho em Equipe e Meio Ambiente. “A visita tem como objetivo proporcionar um momento de reflexão e conhecimento aos assistidos pela instituição, a fim de que exercem, de forma exímia, o papel de cidadão”, explica a psicóloga da Associação Assistencial e Promocional Rainha da Paz, Samara Suellen Rodrigues.

Fonte: Diego Fernando Laska – Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal de Cianorte

Compartilhe: