Após abordagem de usuário, PM derruba boca de fumo e prende acusados de tráfico em Cianorte

Nesta última quinta-feira (05), por volta das 17h, a equipe RPA realizava patrulhamento pela Avenida Maranhão quando, próximo ao cruzamento com a Rua Dr. Arnaldo Busato, visualizou um homem pegando um objeto pelas grades do portão de uma residência e repassando outro para uma mulher, movimentação esta característica do tráfico de drogas.

Ressalta-se que tal casa é alvo recorrente de denúncias de comercialização de entorpecentes, inclusive, uma pessoa, optando pelo anonimato, informou que o fluxo de pessoas, tanto a pé como em veículos, indo até o portão da referida residência é intenso, principalmente após as 18h.

Diante da fundada suspeita, foi procedida a abordagem do homem (33 anos) e, durante busca pessoal, foi encontrada em sua mão um saco plástico contendo 06 (seis) pedras de crack. Indagado, o indivíduo citou ser usuário da droga e que tinha acabado de adquirir com uma mulher e outros cidadãos que lá se encontravam.

Neste momento, o abordado recebeu voz de prisão e foi cientificado dos seus direitos constitucionais, não sendo necessário o uso de algemas. Instantes depois, a guarnição deslocou, juntamente com outra viatura, até a casa em que o detido adquiriu a droga e se deparou com a possível traficante (24 anos), ainda no corredor que dá acesso aos fundos do local, a qual se aproximou e já foi possível ver que segurava uma certa quantia em dinheiro em uma das mãos (R$ 50,00 – cinquenta reais). Questionada, ela afirmou que as equipes poderiam entrar na residência e que não havia nada de irregular. Por questão de segurança, foi abordada e, durante busca pessoal, foi encontrado mais R$ 72,00 (setenta e dois reais) dentro do seu shorts.

No momento em que os outros indivíduos que estavam nos fundos da casa perceberam a presença policial, tentaram pular o muro e acessar um terreno baldio, porém, parte dos militares do cerco conseguiram abordá-los, sendo identificados: um homem 31 anos, que alegou ser usuário de crack e que estava no local para consumir droga; outro cidadão de 23 anos, que é morador da casa e não quis dar sua versão sobre os fatos; e um adolescente de 16 anos, que falou que estava de passagem pela residência.

Durante a busca pessoal desses cidadãos, nada de ilícito foi encontrado. Na sequência, realizando uma revista no interior do imóvel, os militares localizaram um pote plástico contendo 08 (oito) pedras de crack, idênticas as que foram localizadas com o usuário abordado inicialmente. Além da droga, no local foram apreendidos uma gilete (comumente utilizada para fracionar tal entorpecente) e dois aparelhos celulares, os quais possivelmente são usados para fins de comercialização de drogas e também podem indicar a relação dos envolvidos.

Questionados sobre o crack encontrado, que estava visivelmente exposto na parte central da cozinha da casa, onde todos têm acesso, os quatro que estavam no local apresentaram versões desconexas e optaram por prestarem melhores esclarecimentos para a Autoridade competente.

Diante do exposto, os maiores de idade receberam voz de prisão e o menor de apreensão, sendo todos conduzidos para a 21ª Subdivisão Policial para os procedimentos de Polícia Judiciária.

Fonte: Comunicação Social da 5ª Companhia Independe de Polícia Militar

Compartilhe:
Banner Edplants, Acesse