Aplicativo “Agora é Lei no Paraná” conquista Prêmio WeGov

O aplicativo “Agora é Lei no Paraná” foi o grande vencedor do Prêmio WeGov 2019. A premiação aconteceu nesta sexta-feira (26), no encerramento do 8º Redes WeGov, evento multitemático que reuniu agentes públicos e estudiosos da administração pública nos últimos dois dias para debater o uso das novas ferramentas tecnológicas na comunicação do setor público e trocar experiências sobre iniciativas bem-sucedidas. A ferramenta criada pela Diretoria de Comunicação da Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP) superou outros 25 projetos de todo o país.

A diretora de Comunicação da Assembleia, Kátia Chagas, representou o Legislativo paranaense no evento e comemorou o reconhecimento ao trabalho desenvolvido. “Muito feliz por estar aqui num evento com 500 pessoas e poder mostrar como a Assembleia Legislativa do Paraná vem buscando formas diferentes de se comunicar com os paranaenses. Estamos cumprindo a orientação do presidente Ademar Traiano de inovar e modernizar a comunicação, colocando a Assembleia mais perto das pessoas e trazendo a população para participar da vida pública”. Kátia aproveitou para agradecer a confiança e o apoio de todos. “Agradeço a confiança da Direção da Alep, ao presidente Traiano e ao primeiro-secretário Romanelli, no meu trabalho e também a nossa equipe que se esforçou para criarmos o aplicativo”.

INOVAÇÃO

O presidente da Alep, deputado Ademar Traiano (PSDB), destacou o pioneirismo do legislativo paranaense e a competência de toda a equipe envolvida no projeto. “É um reconhecimento de uma ação em grupo da Mesa Executiva com a competente equipe da Assembleia. Esse prêmio é uma demonstração de que a Assembleia do Paraná, mais uma vez, sai na vanguarda com iniciativas inovadoras e pioneiras para atender o cidadão da melhor forma”.

Os vencedores foram escolhidos em um processo de votação duplo. Os visitantes da Feira de Cases de Comunicação no Setor Público, realizada durante o evento que aconteceu em Florianópolis (SC), para apresentação dos dez finalistas ao público, tiveram a oportunidade de escolher os seis melhores projetos. Desta seleção, saíram as três melhores iniciativas. Também estavam na disputa a Advocacia-Geral da União, Agência Nacional de Águas, Tribunal de Contas da União, Tribunal de Contas do Estado do Mato Grosso, Tribunal Regional Eleitoral do Pará, Justiça Federal no Rio Grande do Norte, o Governo do Rio Grande do Sul e as prefeituras de Balneário Camboriú e Palhoça.

A assessora de Comunicação da Procuradoria-Geral do Estado de Santa Catarina, Maiara Gonçalves, conheceu o aplicativo na Feira de Cases e elogiou a ideia que oportuniza ao cidadão conhecer seus direitos e deveres. “O aplicativo é sensacional, porque dá a oportunidade para o cidadão saber quais são as leis que estão sendo aprovadas, que entraram em vigor no seu estado. É bom para saber quais são os seus direitos e seus deveres, para saber o que o poder público é obrigado”.

O aplicativo fez tanto sucesso que ganhou até torcida na disputa pelo prêmio. “Achei a ideia fantástica. Eu acho que toda e qualquer inciativa voltada para facilitar o acesso à informação, o controle social e a transparência, valores que a gente tanto fala, são válidas. Um inciativa que partiu da própria Casa, da equipe da Comunicação, é super valoroso fomentar isso, esse conhecimento e essas práticas. Espero que esse case seja um dos vencedores da feira”, afirmou Rakell Dimanski, analista de redes sociais do TSE.

O APLICATIVO

O “Agora é Lei no Paraná” reúne em uma única plataforma digital mais de 270 leis estaduais que tratam de compra e venda de produtos e da prestação de serviços, auxiliando o consumidor a conhecer a legislação e também a cobrar seus direitos. Todo o projeto foi elaborado pela equipe da Diretoria de Comunicação, com o suporte técnico da Diretoria de Tecnologia da Informação, sem qualquer custo adicional para o Poder Legislativo.

PREMIADO

O “Agora é Lei no Paraná” já recebeu “Menção Honrosa do Prêmio e-Gov”, do Ministério do Planejamento e da Associação Brasileira de Entidades de Tecnologia da Informação e da Comunicação, o mais importante reconhecimento do país a projetos e soluções de governo eletrônico com uso das Tecnologias da Informação e da Comunicação. O projeto da Alep foi o único entre os 12 finalistas a ser desenvolvido por um Legislativo estadual.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Assembleia Legislativa do Paraná

Compartilhe: