Alunas do Projeto Vivendo a Adolescência sem Negligência visitam Paço Municipal

Participam da iniciativa 30 crianças e adolescentes, do sexo feminino, com idades entre 9 e 14 anos

Construir uma sociedade melhor e mais justa protegendo crianças e adolescentes. Com estes objetivos, a Associação de Proteção à Maternidade e à Infância (APMI) de Cianorte está realizando o Projeto Vivendo a Adolescência sem Negligência. A iniciativa da instituição, em parceria com Fundo Especial para Infância e Adolescência (FIA), do Governo do Estado e da Prefeitura, atende 30 crianças e adolescentes, do sexo feminino, com idades entre 9 e 14 anos.

Durante essa quinta-feira (03), as alunas estiveram visitando o gabinete do prefeito Bongiorno. “O projeto tem duração de um ano, e neste período, além das atividades em contraturno, nós também fazemos o acompanhamento das adolescentes junto à escola para que elas mantenham um desempenho satisfatório”, destacou a coordenadora da APMI Cianorte, Sara Almeida Rodrigues Heringer.

Na oportunidade o prefeito ressaltou para as jovens, a necessidade de buscar, no conhecimento, a tão sonhada independência. “Vocês estão em uma fase em que entram em contato com as coisas boas e as ruins, e estão com a mente livre,à espera de algo para ser preenchida. O estudo deve ser para o seu crescimento pessoal, e não para agradar aos outros”, ressaltou Bongiorno. Também estiveram presente na ocasião as psicólogas, Talita Alves e Samara Pereira; a educadora social da entidade, Thais Nogueira; e o administrador da instituição, Leonardo Rodrigues.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social da Prefeitura Municipal de Cianorte

Compartilhe: