Agredidos pela polícia ganham indenizações milionárias

Serve de exemplo ao Brasil. A prefeitura de Oakland, na Califórina (EUA), foi condenada a pagar indenizações milionárias para manifestantes agredidos pela polícia durante protestos nas ruas da cidade nos últimos anos. O ressarcimento soma US$ 2,9 milhões, sendo que somente Kayvan Sabeghi deve receber US$ 645 mil. Ele foi agredido violentamente e preso pela polícia. As agressões foram filmadas durante o protesto em 2011. O resultado da ação foi anunciado essa semana e ainda há outros casos de ação contra a cidade em andamento.

Além dos cofres públicos, as indenizações milionárias também serviram para que a polícia de Oakland fosse obrigada a rever sua política de controle de multidões. Acordos judiciais com associações de advogados e entidades civis fizeram com que a polícia e prefeitura criassem novas regras para a ação policial em manifestações populares nas ruas. Oakland tem 400 mil habitantes e foi uma das diversas cidades que tiveram ativa mobilização nos protestos do movimento Ocuppy contra problemas sociais e econômicos.
(Texto Andye Iore, com informações traduzidas do SF Weekly / Foto ilustrativa da internet)

Banner Edplants, Acesse

Be the first to comment on "Agredidos pela polícia ganham indenizações milionárias"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*