Adjori-PR realiza reunião em Ivaiporã e decide pela prorrogação de mandato

 

A Associação dos Jornais do Interior do Paraná (Adjori-PR) realizou no último dia 1º de maio, reunião com os diretores na cidade de Ivaiporã (região central) para debater alguns assuntos que impactam atualmente a situação dos jornais do interior do Paraná e também sobre o atual mandato, que se encerra no dia 12 de junho. A reunião foi realizada da sede da Associação Comercial e Industrial de Ivaiporã.

O encontro contou com representantes de 10 jornais, de várias partes do Estado. O presidente a Adjori-PR, Elízio Jacy Siqueira Júnior, ressalta que, em função da pandemia, a reunião foi bastante restrita e com todos os participantes fazendo uso de máscaras e higienização das mãos com álcool gel.

Ele comenta que a reunião já estava agendada antes da pandemia e a ideia era uma reunião maior, mas que em função das restrições de circulação e para evitar aglomerações, o número de participantes ficou restrito. “Muitos diretores não puderam comparecer, pois se enquadram no grupo considerado de risco para a pandemia”, informou.

Um dos temas debatidos no encontro foi a prorrogação do mandado da diretoria da Adjori-PR. Os participantes decidiram estender por mais um ano a vigência da atual diretora, em função da pandemia da Covid-19, pois não será possível realizar assembleia. Além disso, cada um dos participantes pode expor o que tem feito para superar as dificuldades deste momento. “A nossa situação não é diferente das demais empresas e as dificuldades financeiras são iguais aos restaurantes, lojas de confecções e outros setores da economia, que estão sofrendo com essa situação”, comenta Elízio.

O presidente ressalta que a reunião foi importante para que os empresários pudessem ouvir a experiência de cada um e buscar soluções conjuntas. “Acredito que esse é um momento de tentar conduzir essa situação da melhor maneira possível”, comenta.

O presidente da Adjori-PR agradeceu ao prefeito de Ivaiporã, Miguel Amaral, pela acolhida a todos os membros da Adjori e por ter colocado o município à disposição. “Já estivemos aqui há quatro anos e essa é uma excelente região, que fica bem localizada e centralizada para todos”, ressalta.

Os diretores da Adjori-PR foram recepcionados pelo prefeito Miguel Amaral e sua esposa Nair Fraga do Amaral, diretora do Paraná Centro. Após a reunião, eles conheceram um pouco a cidade, onde visitaram a réplica da Torre Eiffel, e também visitaram as instalações do Jornal Paraná Centro.

IVAIPORÃ INVESTE EM SETORES ESTRATÉGICOS PROJETANDO CRESCIMENTO

Com cerca de 32 mil habitantes, Ivaiporã tem alcançado níveis invejáveis de produção e produtividade agrícola. Tanto que em 2018, o Valor Bruto da Produção, índice que reflete a geração de renda na agropecuária, cresceu 21,6%, um crescimento quatro vezes maior que a média regional de 5,05% e também superior à média estadual de 5,01%.

De acordo com dados do Departamento de Economia Rural (Deral) da Secretaria de Estado da Agricultura, o município gerou, no ano de 2018, R$187,7 milhões no campo, com destaque para a soja, que teve uma participação total de R$87,7 milhões e para o trigo, que movimentou R$24,2 milhões.

O resultado favorável de 2018 também se deve à produção de frango de corte, que cresceu 74,38%, com um faturamento de R$17,2 milhões, que superaram os R$9,8 milhões de 2017.

Ivaiporã também tem investido em outros setores da economia para gerar emprego e renda. Em parceria com o Governo do Estado, o município está pavimentando comunidades rurais e fortalecendo a agricultura familiar, com ações como o Festival do Café do Jacutinga, implantado em 2018.

O setor avícola também ganha impulsão com a instalação de um abatedouro de frango e uma fábrica de ração, que devem ser construídos em breve. O terreno para a construção das obras de 10,5 alqueires na rodovia PR-466 foi cedido pela Prefeitura, por meio de contrato de concessão.

DADOS INFOGRÁFICOS

Habitantes – 32.977

Área territorial – 434,622kmp

Economia PIB per capita – 21.648

Potencial de consumo – R$713 milhões

Produção agrícola – R$187 milhões – principais atividades: soja, trigo, milho, leite e pecuária

FRUTICULTURA EM CRESCIMENTO

A produção de frutas na região vem despontando como uma importante opção de renda e diversificação das pequenas propriedades rurais. Diante disso, a Prefeitura de Ivaiporã lançou recentemente o programa Ivaiporã Frutifica, iniciativa que visa fortalecer e desenvolver a fruticultura no município.

Atualmente, o município já produz uma diversidade de frutas como goiaba, maracujá, uva, morango, entre outras. A ideia é melhorar ainda mais o perfil agrícola de Ivaiporã.

PÓLO COMERCIAL E UNIVERSITÁRIO

Além de ser uma referência no meio rural, Ivaiporã também é polo regional em outros setores da economia, como o comércio e o setor de serviços. Muitos órgãos da administração estadual e federal têm escritórios no município, fazendo com que a cidade receba milhares de pessoas diariamente.

O setor industrial também tem futuro promissor no município. A Prefeitura inaugurou recentemente, o Distrito Industrial de Ivaiporã, que é dividido em dois parques, que somam mais de 250 mil metros quadrados, na rodovia PR-466.

Hoje, Ivaiporã, é considerada ainda um polo universitário. O município conta com o campus Regional Vale do Ivaí da Universidade Estadual de Maringá (UEM) e o campus do Instituto Federal do Paraná (IFPR), oferecendo cursos em diferentes áreas, preparando alunos para o mercado de trabalho local e regional. Além disso, as Faculdades Integradas do Vale do Ivaí (Univale) e a Faculdade de Tecnologia do Vale do Ivaí (Fatec) são as instituições de ensino superior privado do município. Ao todo, são aproximadamente 2.500 alunos matriculados no ensino superior em Ivaiporã.

POLO DE SAÚDE REGIONAL

Com a construção do Hospital Regional em andamento, Ivaiporã quer se consolidar como polo regional em saúde. Além de garantir mais saúde para a população de toda a região, a unidade hospitalar vai gerar mais emprego e renda para o município. Mais de R$32 milhões estão sendo investidos pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesa) na obra, em terreno doado pela Prefeitura.

A estimativa é que o Hospital Regional vai empregar cerca de 500 profissionais, entre médicos, enfermeiros, nutricionistas, farmacêuticos, assistente social e funcionários da área administrativa.

A unidade hospitalar de 8 mil metros quadrados contará com 104 leitos, sendo 10 de UTI adulto. O hospital será administrado e custeado pelo Governo do Estado, sendo o maior investimento em saúde da história da região.

APOSTA NO POTENCIAL TURÍSTICO

Além de incentivar o chamado turismo de eventos, com apoio a festas, a Prefeitura de Ivaiporã tem feito investimentos em melhorias nos espaços de lazer com um programa de praças temáticas.

A primeira delas é a Praça Japão, inaugurada em agosto, na Avenida Castelo Branco, quando foi realizado o 1º Festival do Japão. O segundo projeto é a Praça França, que está localizada no centro da cidade e traz uma réplica de 32 metros de altura da Torre Eiffel, espelho d’ água e uma replica do Arco do Triunfo.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social da Associação dos Jornais do Interior do Paraná (Adjori-PR)

Compartilhe: