Adeus, “Seo” Edno

edno guimaraes3

PorAndye Iore

Morreu na manhã de ontem (19) o ex-prefeito de Cianorte, Edno Guimarães.  Ele estava com 69 anos e morreu em Maringá onde fazia tratamento contra a leucemia.

Edno Guimarães nasceu a 15 de dezembro de 1944 em Guararapes (SP) e era empresário bem sucedido sendo um dos sócios da Avenorte. Edno Guimarães foi prefeito de Cianorte em três gestões: entre 1989 e 1992, entre 2005 e 2008 e entre 2009 e 2012. Além de ter sido vereador e deputado estadual. Ele deixa a esposa Zoraide e quatro filhos: Edna, Marcos, Rodrigo e Beto.

Ele é apontado como o responsável por Cianorte ser um pólo de confecções ao ter iniciativas no segmento em sua primeira gestão. Visionário na gestão pública e admirado pela maneira de lidar com as pessoas, deixa um legado histórico em Cianorte com obras significativas para a população. E, claro, deixa muitos amigos que aprenderam com ele como ter uma carreira comercial e política bem sucedida.

Edno Guimarães foi o prefeito que mais tempo administrou Cianorte. Foram 12 anos em três gestões com ações que colocaram o município como um dos principais do interior, superando até mesmo cidades maiores em alguns setores. O desenvolvimento econômico de Cianorte deve muito a Edno Guimarães.

A Folha de Cianorte ouviu algumas pessoas sobre a importância de Edno Guimarães:

“Tive o Edno como uma pessoa muito importante na minha vida. Eu trabalho no setor público há 15 anos e foi ele que me nomeou como secretário do Desenvolvimento de Cianorte, me confiou esse trabalho. Fui engenheiro até 2007 e depois o Edno me confiou essa responsabilidade que estou até hoje. Ele foi um grande professor com sua grande experiência em administração me indicou os pontos que deveria me dedicar para o desenvolvimento da cidade e na qualidade de vida das pessoas. Foi um grande presente que recebi dele, que foi o meu mentor. Que Deus conforte a família”, Nelson Magron Junior, secretário de Desenvolvimento de Cianorte

“É o maior expoente político de todos os tempos na história de Cianorte. Todo seu sucesso como homem público podemos atribuir à sua capacidade de liderar e conseguir plena contribuição de seus liderados. Sempre tomando como base sua conduta reta e seu caráter ilibado. Um exemplo a ser seguido pelas pessoas de bem. O respeito a tudo e a todos também foi uma marca sempre presente na carreira política e profissional desse homem, que fez de sua vida um instrumento de transformação social para Cianorte e toda nossa região. Deixa um legado valiosíssimo a seus sucessores”, José Claudiney Rocco, empresário e ex-presidente da ACIC

“Eu tinha um vínculo muito grande com o Edno e só tenho sentimentos bons em relação a ele. É uma perda muito grande, de um colega, sócio e amigo. Vejo as obras que ele deixou na cidade quando foi prefeito e sentimos orgulho. Ele acreditou muito que a Avenorte era possível, deu seus bens como garantia para abrirmos a empresa e lembro de uma frase dele: era se a empresa estava com as contas em dia e não se dava lucro. Aprendi com ele a sempre falar a verdade, mesmo que isso não agrade algumas pessoas. E a lutar o máximo possível para ajudar os menos favorecidos. Ele sempre falava em ajudar os pobres”, Claudemir Bongiorno, prefeito de Cianorte

“O Edno Guimarães foi o segundo pai para mim. Foi um companheiro, conselheiro, amigo. Era uma pessoa que eu escutava muito. Eu me orientava muito por ele. Ele deixou uma lacuna muito grande na vida pessoal, profissional e pública. Eu aprendi muito com o Edno porque comecei a trabalhar com ele em 1994  e ele só me ensinou coisas boas em tudo. Ele abriu as portas profissionais para mim, foi quem acreditou em mim e me deu oportunidades. Foi uma lição de vida! Era um homem austero, mas íntegro, compreensivo, uma mão amiga. É um dia muito triste porque é uma perda insubstituível”, Agnaldo Damasceno, advogado e procurador jurídico da prefeitura

“O Edno foi uma pessoa que nos ensinou muito. Tive a oportunidade de trabalhar na gestão dele em dois mandatos e devo muita gratidão a ele. Fico muito sentido por essa perda de uma pessoa com tanta capacidade intelectual e administrativa. Ele tinha o poder de fazer um laço de pessoas ao redor para trabalhar bem. Foi muito importante politicamente. E lutou sempre, até agora com sua doença. Eu aprendi muito com o Edno e temos que apresentar coisas boas baseadas no que ele deixou de bom. Ele nunca deixava sem resposta e era na hora. Era sim ou não. E isso facilitava muito o trabalho”, Carlos “Dadá”, presidente da Câmara de Vereadores de Cianorte

Homenagens prestam último adeus a Edno Guimarães

Por Juliano Secolo

O dia de ontem (19) amanheceu triste para a população de Cianorte com a notícia do falecimento do ex-prefeito e ex-deputado estadual Edno Guimarães. O corpo é velado no Centro de Eventos Carlos Yoshito Mori, desde às 17 horas de ontem, para que todos os cianortenses tenham a oportunidade dar seu último adeus a este importante figura da história da cidade.

Hoje (20), às 14h, será realizado um culto no Centro de Eventos em homenagem ao ex-prefeito; e às 16h sairá um cortejo do Centro de Eventos até a frente do Paço Municipal aonde serão realizadas homenagens do Coral Vozes, Tiro Guerra, entre outras. O sepultamento deverá ser realizado por volta das 17h no Cemitério Municipal de Cianorte.

“Seo” Edno como era muito conhecido, tinha o carinho de todo o povo da Capital do Vestuário, por ser um homem simples, muito educado, generoso e atencioso com qualquer pessoa, independente de classe social.

LUTO – Ainda na tarde de ontem (19), o prefeito Claudemir Bongiorno decretou o luto oficial em honra a Edno Guimarães. Assim, o expediente na tarde de ontem foi encerrado nos órgãos públicos municipais e hoje (20) as repartições públicas, com exceção dos serviços essenciais, se manterão de portas fechadas. As Escolas Estaduais também não funcionarão hoje em virtude do luto oficial. As atividades serão retomadas, em horário normal, na quinta-feira (21).

Leia mais na versão impressa de hoje do jornal Folha de Cianorte
Fotos: Arquivo Folha de Cianorte

edno-guimaraes edno guimaraes7 edno guimaraes6 edno guimaraes5 edno guimaraes4 edno guimaraes2

Compartilhe: