Acusado de furtar supermercado é preso por mandado de prisão em aberto

Nesta última quinta-feira (30 de julho), por volta das 12h30min, um policial de folga realizava compras em um supermercado localizado na Av. América, quando foi solicitado pelo subgerente, que o reconheceu e informou que estaria no mercado um indivíduo que nos dois dias anteriores teria realizados furto de mercadorias, e que pelo seu comportamento acreditava que nesta ocasião teria retornado com a mesma intenção.

O subgerente informou ainda que se tratava de um homem de estatura baixa, trajando camiseta vermelha. De posse das informações o policial passou a monitorá-lo e observou comportamento estranho, pois o indivíduo tentava se esconder atrás de um pilar quando não havia pessoas no corredor e em determinada ocasião colocou algo em baixo da blusa. Na sequência se dirigiu ao caixa realizando apenas o pagamento de alguns pães.

Simultaneamente ao fato o policial fez contato via fone com uma policial que no caso estava de serviço no trânsito, repassando a situação, esta passou a realizar patrulhamento na parte externa do supermercado vindo a abordá-lo em frente ao referido estabelecimento.

Durante a aproximação da viatura o abordado identificado, sendo um homem, 48 anos, demonstrou bastante nervosismo, e ao ser perguntado de onde estava vindo, informou que estava vindo da rua, tentando negar que teria saído de dentro do supermercado.

Em revista pessoal, foram localizadas em sua cintura, 10 barras de chocolate, e em uma caixa de papelão na garupa foram localizadas ainda outras duas barras de chocolate acondicionadas em uma sacola plástica amarela com identificação de outro supermercado.

Diante dos fatos, foi realizado contato com o subgerente que verificou as filmagens do sistema de monitoramento e constatou o furto. Ao verificar os dados do abordado junto ao sistema foi constatado ainda que consta um mandado de prisão em aberto, expedido pela magistrada da vara de execuções

penais de Cruzeiro do Oeste.

Diante dos fatos, o detido, recebeu voz de prisão sendo cientificado de seus direitos constitucionais, foi algemado para resguardar a integridade física da policial, conforme súmula vinculante nº 11 do STF, e após ser submetido a exame e laudo de lesão corporal (em anexo), foi conduzido a 21ª Subdivisão de Polícia (SDP) para os procedimentos de polícia judiciária.

TERRA BOA

Ainda na quinta-feira (30 de julho), por volta das 15h, a equipe policial de Terra Boa realizava patrulhamento pelo centro daquela cidade quando, na Praça Santos Dumont esquina com Avenida Melvin Jonnes, avistou um homem, o qual contava com um mandado de prisão em aberto por homicídio, crime este ocorrido em Terra Boa, no corrente ano. Diante dos fatos, foi realizada a abordagem e o cidadão (20 anos) foi entregue na Delegacia de Terra Boa para os procedimentos de Polícia Judiciária.

Fonte: Comunicação Social da 5ª Companhia Independente de Polícia Militar

Compartilhe:
Banner Edplants, Acesse