A arte incompreendida de “44”

ricardo-4402Ele é um bom exemplo de pessoa que usa a arte para engrandecer sua espiritualidade. O artista plástico Ricardo Nacle Tod, 29 anos, de Cianorte (PR), adotou o pseudônimo “44” e enfrenta há anos preconceito e dificuldades. Ele pinta quadros em técnicas mistas e faz graffiti na técnica estêncil. Começou rabiscando as paredes de casa aos seis anos e profissionalmente aos 19. Já que a renda da venda de seu trabalho artístico não é suficiente para o sustento da família, ele tem um trabalho formal em uma loja no centro da cidade, com foco no público jovem.

A máscara não é de rebeldia, vandalismo ou protestos sociais como os “black blocks”. É um personagem inspirado em uma de suas influências, Bansky. Também influenciam o trabalho Andy Wharol e Salvador Dali. Assim como os filmes de Tarantino e Stanley Kubrick. O look tem ainda várias tatuagens pelo corpo e camisetas com estampas comuns aos temas de trabalho.
(Texto e fotos: Andye Iore)

* Confira o site de “44”.

ricardo-4401 ricardo02

Banner Edplants, Acesse

Be the first to comment on "A arte incompreendida de “44”"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*