SEMANA DA ÁGUA: IAT PROMOVE AÇÕES DE CONSERVAÇÃO E CONSCIENTIZAÇÃO AMBIENTAL 

Conservação de nascentes, plantio de mudas e ações de conscientização ambiental. Essas são algumas das atividades que o Instituto Água e Terra (IAT) irá desenvolver no Paraná durante a Semana da Água. O evento faz parte das comemorações do Dia Mundial da Água, celebrado na sexta-feira (22). Por ser o órgão responsável pela gestão dos recursos hídricos no Estado, o instituto aproveitará para reforçar ainda mais a necessidade da preservação do meio ambiente como forma de garantir água de qualidade a todos os paranaenses.

O diretor-presidente do IAT, Everton Souza, destaca a importância das ações do órgão para o uso sustentável da água no Estado. “A gestão dos recursos hídricos é feita em conjunto pelo IAT e pelos comitês de bacias hidrográficas. Esse funcionamento é essencial para garantir que a água possa trazer benefícios econômicos e sociais para a população e ainda assim manter a qualidade necessária para a manutenção da biodiversidade”, disse.

Uma das atividades previstas é a conservação de nascentes com solo-cimento. Na técnica, que é bastante difundida no meio rural, a fonte passa primeiramente por uma limpeza geral para retirar possíveis impurezas. Em seguida, a área da nascente recebe pedras irregulares (pedra ferro, sem fundo amarelo), funcionando como um filtro físico da água. Na sequência, são colocados canos de abastecimento das caixas d’água. Por fim, a fonte é lacrada com uma mistura de solo com cimento.

A primeira ação de restauração acontecerá na quarta-feira (20), em Jandaia do Sul, no Vale do Ivaí. O órgão irá apoiar a conservação de uma nascente em uma propriedade rural do município, através do projeto Água é Vida, da prefeitura local. Além do IAT, a atividade conta com o apoio da Cooperativa Agroindustrial Vale do Ivaí (Cooperval) e do Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná – Iapar-Emater (IDR-Paraná).

No mesmo dia, o IAT irá acompanhar o plantio de mudas nativas em uma nascente de outra propriedade privada de Jandaia do Sul. O reservatório já passou pelo processo de conservação na última quinta-feira (14) e para concluir os procedimentos as espécies exóticas de eucalipto (Eucalyptus sp.) do local serão substituídas por plantas nativas.

Em Maringá, mudas de espécies como gurucaia (Parapiptadenia rigida Bentham), araçá-amarelo (Psidium cattleyanum), pitanga (Eugenia uniflora), cedro (Cedrela fissilis Sprengel), canafístula (Peltophorum dubium) e peroba rosa (Aspidosperma polyneuron) serão fornecidas pelo viveiro do instituto que atende a região Noroeste.

Por fim, na sexta-feira (22), outras duas nascentes passarão pelo processo de reforço. Pela manhã, será feita a conservação de uma nascente que deságua no Ribeirão Coqueiro, afluente do Rio Pirapó, em Ângulo, na região Noroeste. À tarde, a ação será em uma nascente em Munhoz de Mello, na região Norte, responsável por abastecer cinco famílias da área rural do município. As duas atividades serão feitas com o apoio das prefeituras municipais e do IDR-Paraná.

CONSCIENTIZAÇÃO – Junto às ações de conservação, o instituto irá focar na conscientização ambiental. A primeira atividade ocorre na quinta-feira (21), em Itaúna do Sul, no Noroeste, em parceria com o município. A solenidade reunirá proprietários de imóveis e lideranças locais para discutir a preservação de nascentes do município, com a participação do IAT e do IDR-Paraná para explicar como funciona o processo de conservação.

Em Ivaiporã, no Vale do Ivaí, o instituto vai organizar a atividade Água de Qualidade, uma ação de conscientização destinada aos agricultores do município realizada no dia 22 de março. A ação é ligada ao programa Cultivando Água Limpa, da prefeitura, que promove a identificação e a preservação de nascentes em propriedades da bacia do Rio Pindaúva, manancial que abastece a cidade. Técnicos do IAT e do IDR-Paraná irão participar de oficinas sobre vários temas relacionados à água.

Além disso, os 21 núcleos regionais do IAT estarão envolvidos com a celebração, promovendo atividades de conservação, educação ambiental e sustentabilidade.

DIA MUNDIAL DA ÁGUA – A data foi criada em 1992 pela Organização das Nações Unidas (ONU). Em 2024, o tema da data será “Água para a Paz”, para reforçar a importância do papel da água na promoção da harmonia e na prevenção de conflitos. Já no Brasil, o tema da data comemorativa neste ano é “A Água nos Une, o Clima nos Move”, definido pela Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA), vinculado ao governo federal, como forma de destacar os impactos das mudanças climáticas sobre as águas.

Serviço:

21/3

Reunião para discutir a conservação de nascentes – 17h

Biblioteca Cidadã Municipal – Rua Paraná, 628 – Itaúna do Sul

22/3

Evento Água de Qualidade – 8h às 12h

Pesqueiro Castelinho – estrada para Santa Bárbara – Ivaiporã

Fonte: AEN

Banner Edplants, Acesse