37 toneladas de pescado ilegal são apreendidas no Litoral

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) realiza uma operação para fiscalizar a pesca irregular no Litoral do Paraná, em conjunto com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e a Polícia Federal (PF). Nesta terça-feira (10), 37 toneladas de pescados foram apreendidas em Guaratuba e duas empresas interditadas. As ações continuam por tempo indeterminado.

A PCPR atua com helicóptero e policiais civis especializados que fazem o mapeamento aéreo para identificar e flagrar embarcações que praticam pesca ilegal. Em solo, o Ibama trabalha na fiscalização de comércios e peixarias que estejam recebendo pescados irregulares. Na água, a Polícia Federal utiliza lanchas e jet skis, auxiliando na repressão.

A operação tem como principal objetivo e fiscalizar a pesca de camarão, que está proibida até 31 de maio, em virtude do período de defeso. O objetivo do defeso é proteger a reprodução e crescimento das espécies, evitando a sua extinção e garantindo a manutenção dos estoques pesqueiros.

Fonte: Agência Estadual de Notícias do Paraná

Banner Edplants, Acesse