Petrobras registra maior lucro desde 2011


Com a reorganização da Petrobras e com melhores práticas de administração, a estatal voltou a gerar lucro. Nos primeiros nove meses do ano, esse resultado ficou em R$ 23,7 bilhões, o maior lucro desde 2011. Os dados foram divulgados nesta terça-feira (6).

Em nota, a companhia explicou que esse desempenho foi influenciado pelo aumento das margens nas exportações e pelas vendas de derivados no Brasil. A alta do preço do petróleo e a desvalorização do real frente ao dólar também ajudaram nos resultados.

A Petrobras informou que também contribuíram para o resultado o crescimento das vendas de diesel, além de uma maior disciplina de controle de gastos e de redução de gastos com juros em função de um menor endividamento da empresa.

CASA ARRUMADA

“Nossos resultados financeiros comprovam que já estamos colhendo uma série de frutos decorrentes de nossa recuperação. É o terceiro trimestre seguido em que registramos lucro líquido”, afirmou o presidente da Petrobras, Ivan Monteiro.

Nos primeiros nove meses do ano, com estatal gerando lucro, a Petrobras pagou R$ 116,2 bilhões em tributos municipais, estaduais e federais e participações governamentais. Também pagou R$ 10,6 bilhões em participações nos lucros.

“Arrumamos a casa”, disse Monteiro. “A retomada do nosso crescimento é positiva não só para a Petrobras como também para o País, uma vez que a empresa gera recursos para a sociedade por meio de tributos e participação nos lucros, contribuindo para o desenvolvimento do Brasil pela cadeia de valor do nosso negócio”, argumentou.

Fonte: Governo do Brasil, com informações da Petrobras

Compartilhe: