Vice-prefeito recebe Presidente da Fiep e pede apoio para o setor do vestuário

 

siveste-fiepO vice-prefeito Beto Nabhan recebeu, no último dia 26, o presidente da Federação das Indústrias do Paraná – Fiep, Edson Campagnolo, que veio a Cianorte manifestar apoio às ações e projetos que vêm sendo desenvolvidos a favor do fortalecimento do setor de confecções. O encontro aconteceu em um almoço oferecido pelo Sinveste – Sindicato das Indústrias do Vestuário de Cianorte, em sua sede própria, para cerca de 20 empresários do vestuário. Entre os convidados, além de diretores do Sinveste, Wilson Becker, chefe da Divisão do Vestuário da Secretaria Municipal de Indústria e Comércio; João Carlos Testa, presidente da ACIC – Associação Comercial de Cianorte; e Marcelo Rodrigues, presidente do Codesc – Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social de Cianorte.

A visita faz parte da política adotada por Campagnolo desde o início de sua gestão, de aproximar a Fiep aos setores produtivos regionais para conhecer de perto as demandas locais e adequar as ações da federação às necessidades de cada região. “A melhor forma de conhecer a realidade da indústria de confecções é vir pessoalmente conversar com as lideranças locais”, disse Campagnolo. Ele lembrou a importância do vestuário cianortense para a economia do Paraná, “principalmente pela grande concentração de fábricas, pela força empreendedora e pela união entre os empresários que se observa aqui”, destacou.

Beto Nabhan detalhou o amplo projeto que vem sendo tocado em conjunto pelo Sinveste, Divisão do Vestuário e Asconveste (Associação das Indústrias de Confecções e do Vestuário de Cianorte) para divulgar a cidade e seus atrativos, tendo como base a produção de roupas e a moda local. “A ideia é trazer ainda mais emprego, renda e desenvolvimento para o município”, afirmou. Beto Nabhan transmitiu ainda a Campagnolo as reivindicações do Codesc para a realização do projeto “Observatórios” a ser desenvolvido em conjunto com o Sistema Fiep, buscando identificar e apoiar caminhos para inovação e desenvolvimento local.

Depois de ouvir os empresários, Edson Campgnolo concordou que a indústria local e a paranaense em geral precisam mesmo ser mais bem difundidas em todo o Brasil “para assim aumentar a competitividade do setor produtivo do Estado” e garantiu que a Fiep irá contribuir com essa difusão. “Nossa política é trabalhar de forma integrada, valorizando as ações e iniciativas de cada setor produtivo, em especial o de confecções, um dos mais fortes em nossa economia”, disse.

Texto e foto: ASCOM SINVESTE

 

LEGENDA

Crédito: ASCOM PMC

 

A visita teve o objetivo de aproximar a Fiep aos setores produtivos regionais e conhecer de perto as demandas locais para adequar as ações da federação às necessidades de cada região

Compartilhe: