UEM retoma as aulas hoje após fim da greve

logo-uem2O retorno às salas de aulas para os acadêmicos de graduação da UEM será hoje (29), incluindo o campus de Cianorte. A decisão foi tomada em reunião do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEP) da Universidade, realizada na tarde da última sexta-feira (26) e presidida pelo reitor em exercício Julio Damasceno.

Lembrando que as atividades administrativas foram retomadas na quinta-feira (25), Damasceno destaca que todos estão “trabalhando a pleno vapor para deixar o câmpus sede e os câmpus regionais em ordem para o retorno às aulas”.

CALENDÁRIO – Até segunda-feira a Diretoria de Assuntos Acadêmicos deve apresentar uma nova proposta do calendário acadêmico do ano letivo de 2015. O calendário atual está suspenso, por decisão do CEP, desde o dia 27 de abril, em razão da greve deflagrada nas Instituições Públicas do Ensino Superior do Paraná.

Damasceno fala que, já no início da semana, a administração deverá encaminhar essa proposta para a câmara de graduação do CEP, que irá emitir um parecer para votação no Conselho, na reunião da próxima quarta-feira (1º).

O reitor em exercício destaca ainda que os alunos não serão prejudicados e que o novo calendário irá garantir o cumprimento do ano letivo e repasse de todo o conteúdo das disciplinas.

Texto: ASC/UEM

Compartilhe:

UEM retoma as aulas hoje após fim da greve

logo-uem2O retorno às salas de aulas para os acadêmicos de graduação da UEM será hoje (29), incluindo o campus de Cianorte. A decisão foi tomada em reunião do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEP) da Universidade, realizada na tarde da última sexta-feira (26) e presidida pelo reitor em exercício Julio Damasceno.

Lembrando que as atividades administrativas foram retomadas na quinta-feira (25), Damasceno destaca que todos estão “trabalhando a pleno vapor para deixar o câmpus sede e os câmpus regionais em ordem para o retorno às aulas”.

CALENDÁRIO – Até segunda-feira a Diretoria de Assuntos Acadêmicos deve apresentar uma nova proposta do calendário acadêmico do ano letivo de 2015. O calendário atual está suspenso, por decisão do CEP, desde o dia 27 de abril, em razão da greve deflagrada nas Instituições Públicas do Ensino Superior do Paraná.

Damasceno fala que, já no início da semana, a administração deverá encaminhar essa proposta para a câmara de graduação do CEP, que irá emitir um parecer para votação no Conselho, na reunião da próxima quarta-feira (1º).

O reitor em exercício destaca ainda que os alunos não serão prejudicados e que o novo calendário irá garantir o cumprimento do ano letivo e repasse de todo o conteúdo das disciplinas.

Texto: ASC/UEM

Compartilhe: