Teto Solidário auxilia mais 45 famílias na construção da casa própria

Desde 2013, quando foi criado, programa soma 293 beneficiários

O clima foi de satisfação na sede da Secretaria Municipal de Assistência Social, na tarde da última terça-feira (21). Isto porque, a Prefeitura reuniu as novas 45 famílias contempladas com os benefícios do Programa Teto Solidário, uma iniciativa que presta auxílio à construção de casas próprias, por meio da doação de materiais como areia, cimento, lajotas, pedras e telhas.

“Habitação com dignidade é uma necessidade primordial para toda família e constitui um desafio para qualquer governo. Sabemos das dificuldades na contratação de financiamentos e empréstimos e, para dar a oportunidade àquelas famílias que não se enquadram nos programas sociais já existentes, pelo de fato possuírem um terreno, criamos, em 2013, o Teto Solidário. Desde então, estamos ajudando a tornar realidade o sonho da casa própria e, com esta nova etapa, estamos alcançando 293 beneficiados. A meta, para o próximo semestre, é contemplar mais 45 e encerrar o mandato com 338 construções”, destacou o prefeito Bongiorno.

Neste sentido, a secretária de Assistência Social, Marlene Bataglia, assim como o chefe da Divisão de Assuntos Comunitários, Antônio Lino da Silva Filho, agradeceu a todos os envolvidos. “Esta iniciativa do prefeito Bongiorno não seria possível sem a dedicação dos membros da Comissão de Avaliação, que analisam caso a caso, comprovando o enquadramento das famílias e levantando suas demandas. Por isso, exprimimos nossa admiração pelo trabalho de excelência, comprometimento e transparência”, disse.

Já o presidente da Câmara Municipal, Silvio do Pátio, acompanhado pelos vereadores Márcia Pereira e Sérgio Mendes, parabenizou os beneficiários. “Se vocês estão recebendo este auxílio, é porque são merecedores e, com certeza, farão o melhor uso desse subsídio em prol da edificação de seus lares”, afirmou. O vice-prefeito Beto Nabhan, assim como o secretário municipal de Administração, Eliab Viera Moreno – que na ocasião representou o deputado estadual Jonas Guimarães –, também expressaram votos de felicidade aos contemplados. Ao final da solenidade, foram entregues os certificados de habilitação e dadas as orientações para a retirada dos materiais.

Interessados em adquirir o benefício devem procurar pela Divisão de Assuntos Comunitários, na sede da Secretaria Municipal de Assistência Social (Praça Olímpica Marcos Danilo Padilha, 236, Zona 04), conhecida popularmente como Centro Social Urbano. Entre as exigências para o enquadramento no programa estão a renda familiar mensal de até três salários mínimos, possuir apenas um terreno registrado e o projeto de construção da residência de até 70 m².

Fonte: Assessoria de Comunicação Social da Prefeitura Municipal de Cianorte

Compartilhe: