Servidores municipais ajudam na promoção do ambiente de negócios para MPEs

Realizado pelo Sebrae/PR e Fomento Paraná, em Maringá, encontro teve momentos para troca de experiências, oficinas e palestra

O Encontro Regional de Desenvolvimento, Crédito e Atendimento das Salas dos Empreendedores, realizado pelo Sebrae/PR e a Fomento Paraná, nesta quinta-feira (1º de agosto), em Maringá, contou com a participação de servidores de 60 municípios da região Noroeste. O evento anual tem como objetivo dar subsídios para o trabalho desses agentes, melhorando, por consequência, o ambiente de negócios para micro e pequenas empresas.

Momentos para troca de experiência, apresentação de linhas de crédito da Fomento Paraná e oficinas de liderança e comunicação integraram a programação. “Com o que aprendemos, vamos aprimorar capacitações para empreendedores. A meta é orientar de forma correta sobre temas como crédito, apoiando na tomada e uso adequado de recursos”, comentou o agente de Crédito da Prefeitura de Marialva, Roberto Carraro.

A secretária de Indústria, Comércio e Turismo e agente de Desenvolvimento de Goioerê, Regina Cruz, compartilhou como a participação em cursos e programas tem gerado resultados. “A Sala do Empreendedor tem participado do Selo de Referência em Atendimento do Sebrae. Em 2017, obtivemos selo bronze e avançamos para ouro já em 2018, resultado que veio com a presença em todas as oportunidades de capacitação oferecidas”, contou Regina.

Os participantes também acompanharam uma palestra sobre a importância de se trabalhar de forma colaborativa, ministrada pela professora e palestrante Maria Flávia Bastos. “O empreendedorismo na empresa, no trabalho, em qualquer área, deve ser pensado não individualmente, mas de forma coletiva, com o objetivo de que todos cresçam juntos”, orientou a palestrante.

O consultor do Sebrae/PR, Sandro Nasser, destacou que os agentes de crédito e de desenvolvimento e outros servidores que atuam diretamente no atendimento aos microempreendedores têm papel fundamental no desempenho de ações que favorecem o ambiente de negócios.

“Realizamos todo um trabalho pautado em políticas públicas, processo de simplificação, acesso a crédito, na Lei Geral das MPEs, que é articulada e mobilizada nos municípios diretamente por esses profissionais. É por meio do trabalho dos agentes que os micro e pequenos negócios são favorecidos”, frisou Nasser.

Fonte: Agência Sebrae

Compartilhe: