• folhadecianorte@gmail.com

Fale com a Folha

44 3018-2015


23 de novembro de 2017

1:29

Secretaria prepara técnicos para atender vítimas de violência

Publicado em 9 de novembro de 2017
Secretaria da Família prepara técnicos para atender pessoas em situação de violência - Foto: Aliocha Maurício/SEDS

Secretaria da Família prepara técnicos para atender pessoas em situação de violência – Foto: Aliocha Maurício/SEDS

Profissionais que trabalham em Centros de Referência Especializados em Assistência Social (Creas) passaram por capacitação, nesta quarta e quinta-feira (8 e 9), promovida pela Secretaria de Estado da Família e Desenvolvimento Social. Essas unidades atendem pessoas em situação de risco que tiveram seus direitos violados.

Com palestras, debates e oficinas, o encontro reuniu 70 técnicos e gestores da rede socioassistencial para aprimorar o atendimento nos Creas de 24 municípios com até 20 mil habitantes.

O Governo do Estado financiou a implantação do atendimento especializado de assistência social nesses municípios e repassa às prefeituras, mensalmente, R$ 2,5 mil para sua manutenção. Desde 2015, foi investido R$ 1,15 milhão neste serviço.

De acordo com a coordenadora da Proteção Social Especial, da Secretaria da Família, Juliany Santos, capacitar os trabalhadores tem impacto imediato nos municípios. “O Creas trabalha com o enfrentamento da violação de direitos, quando já houve agressão, maus-tratos e violência. O efeito no atendimento da população que está nessa situação é direto”, explica Juliany.

A coordenadora salienta que a parceria entre Estado e municípios é o que faz com que o Paraná tenha uma forte rede de proteção. “A obrigação do Estado é capacitar esses técnicos para que o serviço seja qualificado e chegue à população que mais precisa.”

CONHECIMENTO – Segundo o chefe do escritório regional de Cornélio Procópio, Vanildo Sotero, o bem-estar das famílias do Paraná é a prioridade. “Eu me capacito para poder levar mais conhecimento para os municípios da minha regional. Aprofunda nosso conhecimento sobre como trabalhar com as pessoas que precisam do nosso apoio”, comenta.

Sotero também enfatiza que o treinamento é uma oportunidade de entender a realidade das famílias que tiveram seus direitos violados. “É necessário conhecer na prática para melhorar o acompanhamento desse público.”

REDE – O atendimento às famílias e indivíduos que vivem em situação de risco, por terem sofrido alguma violência ou violação de direitos, é responsabilidade da Proteção Social Especial.

O principal serviço oferecido é a Proteção e Atendimento Especializado a Famílias e Indivíduos (Paefi), voltado às pessoas que enfrentaram situações de violência, afastamento do convívio familiar devido à aplicação de medidas de proteção, trabalho infantil, situação de rua e abandono, entre outras circunstâncias similares. De acordo com o sistema de Cadastro Sistema Único de Assistência Social (CadSuas 2017), o Paraná possui 180 Creas, instalados em 157 municípios. (AEN-PR)

"Conteúdo protegido por direitos autorais. Cite crédito ao usar textos e fotos da Folha de Cianorte"

About the author /


Jornal Folha Regional de Cianorte

Endereço: Av. Brasil, 1167, Cianorte - PR.

Telefone: (44) 3018-2015

Email: folhadecianorte@gmail.com

Diretor proprietário

Luiz Antônio Barbosa

Editor de conteúdo

Andye Iore.

Desenvolvido por Web 7 - Soluções digitais