Saúde e direitos da mulher são debatidos durante chá da tarde

 

cha-outubro-rosa2-siteA cerimonia do chá,frequentada pelos samurais japoneses no século IX para discutir assuntos importantes, não perdeu sua essência. As guerreiras de hoje, mulheres que lutam diariamente para manter sua saúde e direitos preservados, ainda a utilizam com a mesma finalidade. Frente a este histórico, nenhum outro evento poderia ser mais apropriado para marcar a campanha Outubro Rosa em Cianorte do que um chá da tarde voltado para o público feminino.

Organizado pelo Conselho da Mulher Empresária da Associação Comercial e Empresarial de Cianorte (ACIC), Prefeitura e Provopar, o evento, que aconteceu na tarde do último sábado (15), no salão social do Hotel Crystal, reuniu cerca de 120 pessoas. Palestras e relatos de experiências, principalmente, a respeito da luta e dos métodos de prevenção contra os cânceres de mama e de colo de útero, bem como os direitos reservados ao público feminino foram abordados.

“Momentos como este são muito oportunos para que paremos para refletir e discutir questões relacionadas à nossa saúde”, comentou a primeira dama do município e presidente do Provopar, Fátima Bongiorno. “Estamos muito contentes que tantas mulheres tenham se prontificado a estar aqui hoje. Isso demonstra a preocupação e o cuidado que estamos depositando em questões sérias como estas que estamos debatendo”, completou a integrante do Conselho da Mulher, Neuza de Paula Oliveira Plácido.

Convidadas a compartilhar suas experiências, a advogada Iraci de Sargesnarrou sua vitória sobre o câncer; a delegada Gabrielle Amaral, da Delegacia da Mulher de Cianorte, abordou a violência doméstica e os direitos da mulher; a enfermeira Sabrina Garcia falou sobre cuidados necessário à saúde; e a chefe da Divisão de Atenção Básica à Saúde, Andréia Domingos, expôs considerações a respeito do câncer de mama e câncer de colo uterino.

Andreia trouxe ainda dados da Secretaria Municipal de Saúde que apontam que, em 2015, quatro pessoas faleceram por câncer de mama e outras duas por câncer de colo uterino em Cianorte. “É importante salientar que ambas as doenças, quando detectadas precocemente, são na maioria das vezes passíveis de tratamento e de cura. Por conta disso, é importantíssimo que todas nós estejamos sempre atentas, realizando nosso autoexame e exames clínicos com frequência e assim nos prevenindo”, disse.

Após as palestras, houve sorteio de brindes entre as presentes. O evento também contou com o apoio da Unidade Radiológica, Instituto Mafra, Unimed, Ordem dos Advogados do Brasil, Santa Casa, Viação Garcia e Sicredi.

Texto e Fotos: Assessoria PMC

cha-outubro-rosa-site

Compartilhe: