Reunião define estratégias para o Programa Justiça no Bairro em Cianorte

Considerado um dos maiores programas sociais do Paraná, o Justiça no Bairro estará de volta a Cianorte. Na oportunidade, os moradores dos 12 municípios da Amenorte que estejam precisando de orientações e soluções jurídicas, assim como de emissão ou retificação de documentos, encontrarão estes e outros serviços, tudo de graça, durante os dias 27 e 28 de setembro. O atendimento será realizado no Complexo Esportivo da Unipar, das 9h às 17h, e para participar é preciso apresentar toda a documentação pessoal, certidões, comprovante de residência e holerite (alguns serviços somente serão disponibilizados para a população com renda máxima de até três salários mínimos).

Em reunião,nessa segunda-feira (19), na sede da Unipar, a comissão responsável pelo evento discutiu detalhes da organização. O Justiça no Bairro é uma iniciativa do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná em parceria com o Sistema Fecomércio Sesc/Senac e, em Cianorte, sua realização conta com a Prefeitura Municipal e o apoio do Provopar e da Unipar.O programa possibilita, com a presença das partes envolvidas, a imediata solução em situações como divórcio, pensão alimentícia, guarda e responsabilidade, reconhecimento de paternidade e de maternidade, regulamentação de visitas, reconhecimento ou dissolução de União Estável, DNA, retificação de Registro Civil, interdição e curatela, entre outros, com a expedição da nova documentação no ato. A programação também inclui a emissão de carteira de identidade (RG) e outras ações de interesse do cidadão.Todos os serviços são gratuitos, exceto o exame de DNA, que tem o valor de R$ 220.

“Esta é uma oportunidade ímpar na vida dos cidadãos, que terão a oportunidade de resolver questões que estejam pendentes junto a Justiça”, destacou a secretária municipal de Assistência Social, Marlene Bataglia. Nesse sentido, a primeira-dama e presidente de honra do Provopar, Fátima Bongiorno, enalteceu a importância da ação, que já solucionou inúmeras questões judiciais. “Queremos que esta edição do programa seja tão proveitosa quanto as já realizadas. É um programa que promove o acesso aos direitos, a inclusão social e, consequentemente, uma transformação profunda na vida das pessoas”, concluiu.

Municípios participantes: Cianorte, Cidade Gaúcha, Guaporema, Indianópolis, Japurá, Jussara, Rondon, São Manoel do Paraná, São Tomé, Tapejara, Terra Boa e Tuneiras do Oeste.

Casamento Civil Coletivo: Encerrando as atividades, no dia 28 de setembro às 18h, será realizada a tradicional cerimônia de Casamento Civil Coletivo. As inscrições se encerram no dia 30 de agosto em todos os municípios participantes. Os interessados devem procurar pelo CRAS mais próximo.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social da Prefeitura Municipal de Cianorte

Compartilhe: