Região recebe recursos para compra de equipamentos

saude regiao

Três cidades da região de Cianorte estão entre os 47 municípios que serão beneficiados com recursos do Governo Estadual destinados a compra de equipamentos e mobiliário para as unidades da Saúde da Família. A liberação dos recursos foi autorizada pelo Governador Beto Richa na última segunda-feira (27), sendo que ao todo o investimento será de R$ 5,6 milhões.

Na região serão beneficiados os municípios de Cianorte, Guaporema e São Tomé, sendo que cada um receberá, ainda esta semana, R$ 115 mil em recursos. Entre os itens que podem ser comprados pelas prefeituras estão equipamentos para consultórios odontológicos, materiais médicos e clínicos, kits de urgência e emergência, kits de inalação, geladeiras de vacina, detectores de batimento cardíaco fetal, oxímetros de pulso, desfribiladores, negatoscópios, estetoscópios adulto e pediátrico, balanças, autoclaves, armários, balcões, mesas para exames, balanças, carrinhos para curativos, computadores, impressoras e aparelhos de ar condicionado.

Segundo o Governo Estadual, este é o segundo lote de liberação de recursos para aquisição de aparelhos e mobiliário. No primeiro, realizado em abril, foram repassados R$ 28,6 milhões para 249 municípios. “Mais uma vez estamos fortalecendo a base da saúde pública, garantindo um atendimento mais qualificado e humano aos paranaenses”, ressaltou o governador Beto Richa.

Durante a liberação dos recursos, o governador destacou que o reforço no setor só está sendo possível graças ao ajuste fiscal realizado pelo Governo do Estado no ano passado. “Fizemos a lição de casa e agora estamos retomando nossa capacidade de investimentos. Quem ganha com isso é a população que terá um atendimento de qualidade mais perto de casa”, afirmou Richa.

O repasse do incentivo financeiro aos municípios faz parte do programa da Secretaria de Estado da Saúde para qualificação da atenção primária (ApSus). O setor envolve o trabalho das unidades de saúde e das equipes da estratégia da saúde da família. Todos os 399 municípios do Paraná já aderiram à iniciativa. Somente para o custeio, o programa deve investir R$ 41 milhões este ano.

Texto: Juliano Secolo com informações da Agência Estadual do Paraná
Foto: Venilton Küchler/AEN-PR

Compartilhe: