Amenorte cresce 219% na geração de empregos

emprego-amenorteNa semana passada o Ministério do Trabalho divulgou os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), relativo ao mês de fevereiro. Entre as 39 microrregiões, a Associação dos Municípios do Médio Noroeste do Paraná (Amenorte) ficou em 10º lugar em geração de empregos, com crescimento de 219,8%.

Analisando os dois primeiros meses de 2014, a região apresentou um crescimento de 25,08% no número de contratações. Em fevereiro foram 2.633 admissões e em janeiro 2.105.

Na variação absoluta, onde é calculada pela subtração de admissões e demissões, que a Amenorte apresentou o impressionante crescimento de 219,8% na criação de novos empregos em fevereiro, segundo o Caged. Em Janeiro a região apresentou uma variação positiva de 202, enquanto que no mês passado esse número foi de 646.

Com isso, a Amenorte registrou a 10ª maior variação absoluta do estado, ficando atrás apenas das microrregiões de Curitiba (9544); Londrina (2347); Maringá (1746); Foz do Iguaçu (1369); Cascavel (1306); Ponta Grossa (989); Toledo (925); Francisco Beltrão (711); e Pato Branco (686).

Esses números demonstram que a região de Cianorte apresenta um amplo mercado de trabalho, pois algumas microrregiões do estado apresentaram uma variação absoluta negativa, com mais demissões do que admissões.

Três municípios apresentaram aumentos de mais de 100% em relação a janeiro no número de admissões. Jussara foi o campeão com 170,45%, com 44 contratações 119 em fevereiro. Depois São Manoel do Paraná com 133,33% (6 em janeiro e 14 em fevereiro) e Tuneiras do Oeste com 115,78% (19 em janeiro e 41 em fevereiro).

Em Indianópolis o número de admissões em fevereiro (35) foi quase o dobro de janeiro (18), o que representa um aumento de 94,44%. Com 71 admissões em fevereiro e 48 em janeiro, Japurá teve um crescimento de 47,9%. Em Gaúcha o aumento foi de 28,97%, sendo que em janeiro houve 107 contratações e em fevereiro 138.

O aumento em Terra Boa foi de 28,32% com 222 contratações em fevereiro; em janeiro foram 173. Cianorte teve 27,32%, sendo 1.303 em janeiro e 1.659 em fevereiro. O último município da região a apresentar crescimento no número de admissões foi Tapejara com 9,38%, o que corresponde a 268 admissões em fevereiro contra 245 em janeiro.

VAGAS – Segundo a Secretaria Estadual do Trabalho, Emprego e Economia Solidária, as Agências do Trabalhador da Região de Cianorte estão oferecendo um total de 605 vagas, em diferentes setores. Em Cianorte são 94 vagas, a maioria na área da Confecção. Em Cidade Gaúcha são 134 vagas, das quais 65 na área agrícola. A Agência do Trabalhador de Indianópolis oferta 50 vagas, com 32 para Serviços Gerais. Em Japurá são 218 vagas cadastradas, sendo que 137 são para Auxiliar de Linha de Produção. No município de Jussara estão abertas 51, abrangendo indústria e agricultura. Em Rondon existem 10 vagas disponíveis. Em São Tomé são 17 e em Terra Boa 31, mais da metade (22) voltada para linha de produção.

Texto: Juliano Secolo / Foto: Arquivo Folha de Cianorte

Compartilhe: