Programa Microbacias protege nascentes d´água em São Tomé

No Município de São Tomé, região de Cianorte, já foram protegidas 15 nascentes com o apoio do Programa Microbacias desenvolvido pelo Governo Estadual. A prefeitura Municipal de São Tomé é a principal parceira no programa, fazendo a gestão dos recursos financeiros, efetuando todo processo licitatório das ações do programa.

Em São Tomé as várias ações que estão sendo implementadas pelo programa resultam num investimento total de R$ 189.000,00. Este recurso é utilizado no pagamento de horas/máquina para conservação de solos; aquisição de equipamentos; materiais para construção de cercas; proteção de nascentes e outros.

No caso da proteção de nascentes a Prefeitura participa com o transporte dos materiais de construção, sendo que para esta ação os materiais são adquiridos com recursos do programa, o produtor beneficiário entra com a mão de obra e a assistência técnica e treinamento dos profissionais são do Instituto EMATER.

Pelas normas do programa, o tratamento da proteção de nascente d’água deve ser feito a cada seis meses com água sanitária. Após a barragem feita e seca coloca pedra brita irregular dentro faz uma camada com pedra brita 3/4 depois uma camada com concreto 3×1 e reboca com solo-cimento, a cal viagem é jogada em cima da pedra brita irregular e em cima da pedra brita 3/4 é jogado a água sanitária para depois concretar. Após o término à água já poderá ser consumida por humanos e animais.

A importância da água de boa qualidade e a possibilidade de ocorrer a sua escassez em várias regiões, num futuro não muito distante que muitos imaginam, esse problema tornou-se uma das maiores preocupações de especialistas que trabalham o assunto. Nesse foco no programa MICROBACIAS o Instituto EMATER trabalha na propriedade um projeto conservacionista no uso e conservação dos solos e água, principalmente as áreas de cabeceiras devem ser tratadas como algo de mais importante que existe em uma propriedade, pois são elas as responsáveis pela existência das nascentes que, por sua vez, são fontes de água valorosas para a humanidade.

Fonte: Roberto Corredato – Gerente Regional da EMATER-PR em Cianorte

Compartilhe: